conecte-se conosco

Resenhas

DOCUMENTÁRIO: Room 237 (2012)

Publicados

em

room-237
Em 1980, Stanley Kubrick lançava “O Iluminado”, considerado um dos maiores clássicos de terror da história. Desde então, muitas teorias surgiram na tentativa de interpretar significados escondidos no filme.
No documentário “Room 237”, o diretor Rodney Ascher junta esse amontoado de teorias e nos coloca diante da obsessão em querer descobrir mais e mais sobre um filme de imagens fortes e que permeia o imaginário mundial, sendo sempre referenciado quando se fala em horror e suspense.
shining_revelation
O diretor parte do fato de Stanley Kubrick ter mudado durante as filmagens o número do quarto onde boa parte da história acontece. No livro de Stephen King, o apartamento era o de número 217, mas atendendo a um pedido do dono do “Hotel Overlook”, que temia que as pessoas não alugassem mais este quarto por causa do filme, o número do apartamento foi alterado para 237, um que não existia lá.
Não satisfeito com esta explicação, Ascher puxa junto um carretel de outras teorias que envolvem os bastidores de “O Iluminado”. Com isso, entramos no mundo dos fanáticos que acreditam que o cineasta deixou várias mensagens subliminares neste filme, citando desde o holocausto e o genocídio de povos indígenas a conspirações governamentais envolvendo a chegada do homem à Lua.
ShiningDanny2
Na verdade, “O Iluminado” é cercado por controvérsias por si só. Basta lembrar que Kubrick mudou muitas partes do livro original para montar seu roteiro, mudando inclusive o fim, o que deixou o autor bem irritado. O filme inclusive discute se há indiretas do diretor para Stephen King em algumas cenas.
“Room 237” ainda não foi lançado oficialmente no Brasil, mas já participou do festival de Sundance e da Quinzena dos Realizadores em Cannes.
[vimeo http://www.vimeo.com/61326184 w=520&h=360]
Mais informações: http://www.room237movie.com

Continue lendo
Clique para comentar

1 comentário

  1. Pingback: RESENHA: Doutor Sono (2019) | Toca o Terror

  2. Pingback: DOUTOR SONO (2019) | Blog Vá e Veja, por Osvaldo Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: O Grito (2020)

Publicados

em

O grito

Passados 16 anos do lançamento de um remake que rendeu duas continuações (uma delas feita para lançamento em vídeo), temos aqui o quarto filme da franquia americana de “O Grito”. (mais…)

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: Color Out of Space (2020)

Publicados

em

Color Out of Space

H.P Lovecraft voltou a ficar em evidência, seja em games como “Call of Cthulhu” (2018) e “The Sinking City” (2019) como em adaptações cinematográficas. Só neste ano de 2020 já tivemos duas obras inspiradas no autor, tendo elementos e personagens de suas obras em “Ameaça Profunda” e agora “Color Out of Space”, uma adaptação direta de um dos seus celebres contos e o motivo desse texto existir. (mais…)

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: In Search of Darkness (2019)

Publicados

em

Search of Darkness

[Por Frederico Toscano]*

In Search of Darkness é um documentário com uma proposta simples e direta: destrinchar a produção de horror dos Estados Unidos da década de 80. Lançado em maio do ano passado, acabou não chamando tanta atenção no Brasil (ou mesmo lá fora), provavelmente por não ter recebido uma distribuição e divulgação mais abrangentes. O que é compreensível, já que o projeto não saiu de um estúdio convencional, sendo fruto de uma bem-sucedida campanha de arrecadação dos sites Kickstarter e Indiegogo.

Com a meta alcançada e os fundos garantidos, o diretor e roteirista David Weiner deve ter pensado que os apoiadores mereciam ver seu dinheiro bem empregado. E entregou um filme de quatro horas e meia de duração. E pensar que teve gente reclamando de O Irlandês(mais…)

Continue lendo

Trending