conecte-se conosco

Resenhas

MASTERS OF HORROR: Imprint

Publicados

em

imprint
Por Jarmeson de Lima
Quem teve a chance de encerrar a primeira temporada da série Masters of Horror foi o cineasta japonês Takashi Miike. Dentre todos os realizadores convidados a dirigir episódios da série, Miike foi o único não-americano/não-europeu a participar do projeto.
Considerando que os trabalhos anteriores foram os transgressores “Audition” e “Ichi, The Killer”, os produtores deveriam ter previsto que veriam uma história nada careta. E apesar de terem garantido que todos os diretores teriam carta branca pra desenvolverem seus episódios sem qualquer inteferência, o episódio de Takashi Miike foi banido da TV! “Imprint” conseguiu a façanha de ser mais insano do que os episódios de Dario Argento, John Carpenter e Tobe Hooper juntos.
O episódio enfoca a busca de um jornalista americano, interpretado por Billy Drago, que sai em busca de um amor que deixou para trás, em uma ilha de um Japão remoto que abriga um bordel. Ao passar a noite com uma mulher exótica, ele vai aos poucos desvendando histórias terríveis sobre a vida da moça e descobre uma série de fatos cruéis relacionados à sua amada.
imprint2
A história, que a princípio parece banal, vai se revelando uma trama doentia e cada vez mais bizarra, com personagens estranhos e aquelas típicas cenas de violência gráfica e tortura que Miike sabe filmar tão bem a ponto de lhe incomodar e desviar o olhar.
Apesar de não ter sido exibido na TV, “Imprint” foi incluído no DVD da primeira temporada da série para que os mais valentes possam apreciá-lo. Ao final de tudo, Takashi Miike desabafou: “Pensei que tinha razão. Que estava dentro dos limites de tolerância da televisão americana. Enquanto estava filmando continuamente me assegurava de que não ultrapassaria nenhum limite, porém, calculei mal, evidentemente.”
Direção: Takashi Miike
Roteiro: Daisuke Tengan
Elenco: Billy Drago, Shihô Harumi, Michié
Origem: EUA, Japão
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=165Zcd_rGog?feature=player_detailpage&w=640&h=360]

Continue lendo
Clique para comentar

1 comentário

  1. Pingback: DICA DA SEMANA: Tokyo Zombie (2005) | Toca o Terror

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: Contato Visceral (2019)

Publicados

em

Contato Visceral

Sinceramente, alguns títulos traduzidos da Netflix atrapalham mais do que ajudam na hora de decidir o que ver. Se não fosse alguns colegas falarem bem de “Wounds“, eu jamais chegaria perto de assistir o filme que está no catálogo de streaming com o nome de “Contato Visceral“.

Dirigido por Babak Anvari, o mesmo autor de “À Sombra do Medo” (Under The Shadow), esta produção com selo Netflix vai fisgar a atenção de quem curte um horror sobrenatural perturbador.

(mais…)

Continue lendo

Resenhas

SÉRIE: Marianne (2019)

Publicados

em

marianne
[Por Felipe Macedo]
Histórias de bruxas sempre fascinaram o público. Sejam elas voltadas pra algo mais assustador ou infantil, essas personagens sempre causaram certo impacto. A lenda da bruxa má povoa nossa imaginação desde a infância em histórias como “João e Maria” e depois na vida adulta em filmes como “Suspiria”. A Netflix sabendo do interesse sobre o tema e na falta de produções atuais sobre o assunto, trouxe recentemente para seu catálogo a série francesa “Marianne” prometendo noites insones para o público. (mais…)

Continue lendo

Resenhas

SÉRIE: O Mundo Sombrio de Sabrina (2018)

Publicados

em

O Mundo Sombrio de Sabrina

[Por Jarmeson de Lima]

Ocultismo, bruxaria e paganismo em uma série para um público adolescente tem mais conteúdo macabro do que muito seriado com renome por aí. “O Mundo Sombrio de Sabrina” (Chilling Adventures of Sabrina) tem se revelado muito mais do que uma releitura da série de TV dos anos 90 que apresentava uma simpática feiticeira ajudando seus amigos com truques de mágica. (mais…)

Continue lendo

Trending