conecte-se conosco

Resenhas

TÍTULOS: Tendências dos anos 80

Publicados

em

Sabe aqueles filmes cujo nome original não tem NADA A VER com o título que foi adaptado e lançado no país? Esta já era uma prática comum há muitos anos atrás no cinema e títulos como “The Wild Bunch” ganharam nomes poéticos como “Meu Ódio Será Sua Herança” no Brasil.

Até aí tudo bem… ruim foi quando depois de um tempo as distribuidoras nacionais ficaram preguiçosas ou simplesmente quiseram pegar carona com outros sucessos de nomes parecidos lançando tendências como colocar “A Hora…” em qualquer filme. Especialmente os de terror lançados no Brasil na década de 80. Olha que não foram poucos, mas aqui a gente refresca a memória de vocês com alguns dos mais conhecidos:

* A Hora das Criaturas (Critters, 1986)
Critters_web


* A Hora da Zona Morta (The Dead Zone, 1983)
A Hora da Zona Morta


* A Hora do Espanto (Fright Night, 1985)
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=QRDIlPZ_hFM?feature=player_detailpage&w=640&h=360]


* A Hora do Lobisomem (Silver Bullet, 1985)
a-hora-do-lobisomem


* A Hora dos Mortos Vivos (Re-Animator, 1985)
Re-Animator-AHora


* A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street, 1984)
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=rbgsb0zkVxE?feature=player_detailpage&w=640&h=360]

E pra não perder a chance de meter o título do momento num filme cujo nome original já era conhecido, mesmo que não seja de terror, a solução foi botar assim:

* Karatê Kid – A Hora da Verdade (The Karate Kid, 1984)

Karate-Kid

Continue lendo
Clique para comentar

1 comentário

  1. gwpj000

    26 de fevereiro de 2014 a 08:10

    A Hora da Zona Morta tem o melhor titulo desses ‘-‘
    imagine se usasse isso atualmente: A Hora da Gravidade kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: In Search of Darkness (2019)

Publicados

em

Search of Darkness

[Por Frederico Toscano]*

In Search of Darkness é um documentário com uma proposta simples e direta: destrinchar a produção de horror dos Estados Unidos da década de 80. Lançado em maio do ano passado, acabou não chamando tanta atenção no Brasil (ou mesmo lá fora), provavelmente por não ter recebido uma distribuição e divulgação mais abrangentes. O que é compreensível, já que o projeto não saiu de um estúdio convencional, sendo fruto de uma bem-sucedida campanha de arrecadação dos sites Kickstarter e Indiegogo.

Com a meta alcançada e os fundos garantidos, o diretor e roteirista David Weiner deve ter pensado que os apoiadores mereciam ver seu dinheiro bem empregado. E entregou um filme de quatro horas e meia de duração. E pensar que teve gente reclamando de O Irlandês(mais…)

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: Os Estranhos – Caçada Noturna (2018)

Publicados

em

Caçada Noturna

[Por Felipe Macedo]

O medo da violência atinge a todos nós, cada vez mais assustados com a quantidade de casos assim em todo o mundo. Sendo assim, o único lugar em que nos sentimos seguros é nossa casa, certo? Mas imagina se um trio de assassinos mascarados começa a fazer jogos macabros para te aterrorizar e logo depois te caçar sem piedade? Essa é a trama do primeiro Os Estranhos (2008) e que foi alterada quase que por completo em sua tardia sequência. (mais…)

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: As Fábulas Negras (2015)

Publicados

em

Fábulas Negras

Por Jota Bosco

Rodrigo Aragão, diretor de Mangue Negro (2008), A Noite do Chupacabras (2011) e Mar Negro (2013) lança seu mais novo longa, As Fábulas Negras. Projeto que envolve, além dele, claro, alguns dos principais nomes do gênero no país como Petter Baiestorf e Joel Caetano. E pra fechar com chave de ouro, nada mais que José Mojica Marins (Sim!! José Mojica Marins, porra!!!!). (mais…)

Continue lendo

Trending