conecte-se conosco

Resenhas

RESENHA: Visões do Passado (2015)

Publicados

em

026661

[Por Júlio Carvalho]

O cinema australiano sempre nos traz bons filmes e no terror não é diferente. O exemplo mais recente disso é o ótimo The Babadook (2014) que a crítica se rasgou em elogios. Agora o filme da vez é Visões do Passado (Backtrack) que vem com dois grandes nomes do cinema e com a promessa que vai fazer todo mundo se borrar de medo e ainda se surpreender. Pois sinto adiantar que: fica só na promessa.

Backtrack 2015 1080p BluRay x264 DTS-JYK.mkv_snapshot_00.09.01_[2016.03.31_21.05.31]

Acompanhamos aqui o luto de Peter Bower (Adrien Brody), um psiquiatra que tenta superar a morte de sua filha, Evie. Com a ajuda de seu mentor Duncan Stewart (Sam Neil), tenta continuar a atender seus pacientes que, não demora, descobre que são fantasmas. Aí você agora deve está furando os olhos achando que eu soltei um spoiler, mas te digo que não. Essa “revelação” é feita logo nos primeiros minutos do longa, está na sinopse oficial e no trailer do mesmo, pois é nisso que a trama vai se sustentar pra nos levar à “incrível revelação” final. Risos.

A situação fica mais intrigante, quando ele recebe em seu consultório uma garotinha de capuz chamada Elizabeth Valentine (Chloe Bayliss), que deixa na sua mesa um papel com uma sequência numérica misteriosa. Daí pra frente vem uma enxurrada de sustos (covardes e nem sempre justificados) e pequenas revelações que o fazem voltar a False Creek, sua cidade natal. Agora o engodo aumenta com o acréscimo de novos personagens como o pai do protagonista, um amigo de infância e uma policial.

Backtrack 2015 1080p BluRay x264 DTS-JYK.mkv_snapshot_00.25.33_[2016.03.31_20.08.05]

Dirigido por Michael Petroni, que também assina o roteiro, Visões do Passado se sabota o tempo inteiro e segue perdendo força dramática a cada revelação. Ao longo do desenrolar da história, você já não dá mais a mínima pro atormentado psiquiatra e seus fantasmas. O elenco até que se esforça, mas é em vão. Resta apenas as caras e bocas do Adrien Brody e das almas penadas.

Os efeitos visuais são medíocres. Aliás, tem uma sequência bem tosca de um acidente de trem em que o CGI é tão falso que ficou com cara de maquete. Ah! Tem um erro de continuidade no visual pútrido de um dos fantasmas que, ao avançar na tela, vemos em close que as cavidades oculares estão vazias, mas segundos depois quando reaparece, tá tudo no lugar. Mas apesar de tudo, é preciso ser justo e reconhecer que o longa é belamente fotografado por Stefan Duscio. O visual Teal & Orange tão empregado nos filmes blockbusters aqui se mostra bem equilibrado. Pena que só isso não basta.

Backtrack 2015 1080p BluRay x264 DTS-JYK.mkv_snapshot_00.11.46_[2016.03.31_20.02.41]

Na sua segunda metade, os fantasmas já não conferem medo algum e servem apenas de enfeite em cenas de sustos pontuais, restando apenas o elemento investigativo que fica cada vez mais desinteressante a cada descoberta. Sendo assim, Visões do Passado não empolga em momento algum e acaba findando numa conclusão que se acha genial, mas que na verdade não passa de uma galhofada só.

Backtrack 2015 1080p BluRay x264 DTS-JYK.mkv_snapshot_01.18.52_[2016.03.31_20.10.41]

Escala de tocância de terror:

Título original: Backtrack
Direção: Michael Petroni 
Roteiro: Michael Petroni 
Elenco: Adrien Brody,  Sam Neill e  Robin McLeavy
Origem: Austrália

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: Contato Visceral (2019)

Publicados

em

Contato Visceral

Sinceramente, alguns títulos traduzidos da Netflix atrapalham mais do que ajudam na hora de decidir o que ver. Se não fosse alguns colegas falarem bem de “Wounds“, eu jamais chegaria perto de assistir o filme que está no catálogo de streaming com o nome de “Contato Visceral“.

Dirigido por Babak Anvari, o mesmo autor de “À Sombra do Medo” (Under The Shadow), esta produção com selo Netflix vai fisgar a atenção de quem curte um horror sobrenatural perturbador.

(mais…)

Continue lendo

Resenhas

SÉRIE: Marianne (2019)

Publicados

em

marianne
[Por Felipe Macedo]
Histórias de bruxas sempre fascinaram o público. Sejam elas voltadas pra algo mais assustador ou infantil, essas personagens sempre causaram certo impacto. A lenda da bruxa má povoa nossa imaginação desde a infância em histórias como “João e Maria” e depois na vida adulta em filmes como “Suspiria”. A Netflix sabendo do interesse sobre o tema e na falta de produções atuais sobre o assunto, trouxe recentemente para seu catálogo a série francesa “Marianne” prometendo noites insones para o público. (mais…)

Continue lendo

Resenhas

SÉRIE: O Mundo Sombrio de Sabrina (2018)

Publicados

em

O Mundo Sombrio de Sabrina

[Por Jarmeson de Lima]

Ocultismo, bruxaria e paganismo em uma série para um público adolescente tem mais conteúdo macabro do que muito seriado com renome por aí. “O Mundo Sombrio de Sabrina” (Chilling Adventures of Sabrina) tem se revelado muito mais do que uma releitura da série de TV dos anos 90 que apresentava uma simpática feiticeira ajudando seus amigos com truques de mágica. (mais…)

Continue lendo

Trending