conecte-se conosco

Programas

PODCAST: S05E11 – Retrospectiva Cinema 2016

Publicados

em

Chegamos ao final do ano com uma boa retrospectiva do que rolou no cinema de horror no ano de 2016 destacando os melhores e piores filmes lançados nas salas de exibição brasileiras e na Netflix. Aproveitem e curtam!

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/298491201″ params=”color=083e73&auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false” width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]


Com
Gabriela, Osvaldo, Geraldo, Jarmeson, Júlio e Felipe
Edição de áudio: Jarmeson de Lima
Direção de Arte: Júlio Carvalho

Assine nosso podcast na iTunes Store:
https://itunes.apple.com/br/podcast/toca-o-terror/id1003394096?mt=2
ou acompanhe no Soundcloud:
https://soundcloud.com/toca-o-terror

Continue lendo
10 Comentários

10 Comments

  1. carlos

    24 de dezembro de 2016 a 12:03

    ” A bruxa salvou uma mulher do sistema”???!!!
    Mesmo que eu acreditasse nesta opinião, o custo ( cinco vidas) foi muito alto!

  2. Pescador Parrudo

    22 de fevereiro de 2017 a 10:29

    Porra… Até o Toca o Terror entrou na modinha da justiça social e da lacração? Puta merda, espero que isso pare, porque amo muito esse podcast pra ficar tendo que ouvir baboseiras político-sociais em todos os episódios… Sempre achei o Júlio chato mesmo: Voz irritante, fala por cima dos outros, interrompe os outros… Mas com essa vibe “esquerdista-pseudo-culto-intelectual-pós-moderno”, ele conseguiu ficar mais chato ainda. Saudade do Queops.

    • Jota Bosco

      23 de fevereiro de 2017 a 11:39

      Caro Pescador Parrudo, se for por falta de adeus, toma aqui um, ó ——> adeus

    • Queops Negronski

      23 de fevereiro de 2017 a 15:07

      Caro Pescador Parrudo,
      Em primeiro lugar “Fora Temet”! Em segundo, Aécio e em terceiro, assuma as suas opiniões ao invés de se escondet sob pseudônimos e virulências para atacar um trabalho que vem sendo desenvolvido há quase cinco anos reunindo fãs do gêneto país afora.
      Por fim, não sinta a minha falta, pois, se eu ainda fizesse parte fo podcast engrossaria o coro “esquerdista pseudo-culto-intelectual-pós-moderno”.
      Se é por falta de adeus, até nunca.

      • Pescador Parrudo

        27 de fevereiro de 2017 a 10:09

        Hahahaha. Eu acho muito imbecil essa coisa de polarização política, essa coisa do “Tenho que ser de esquerda” ou “Tenho que ser de direita”, mas o que mais gosto mesmo nessa briguinha imbecil de torcida é que os esquerdistas adoram pagar de politicamente corretos, de “modernos mente-aberta”, descolados e tudo o mais, mas ficam putinhos quando alguém vai contra o ideal e opinião deles. São os primeiros a ficarem passivo-agressivos e com essa coisa de “Não gostou? Queridão, é só parar de seguir”.

        Falam tanto de representatividade, de fazer o certo e os caralho, mas ai de você se não concordar ou fizer uma crítica. É a típica hipocrisia “Respeito a opinião de todo mundo, mas se for diferente da minha, nem precisa seguir meu podcast e/ou canal de YouTube, porque só quero pessoas que amem meu trabalho incondicionalmente e não exponham nada de diferente.”

        E, Queops, depois que você saiu, de fato o podcast ficou muito mais chato. Sempre gostei das suas participações, extremamente divertidas, dinâmicas, e, acima de tudo, sem justiça social modinha imbecil de internet. Era divertido até quando o Júlio, que é chato pra cacete, estava participando. Mas, se acabou de deixar claro que o podcast continuaria seguindo a mesma vibe política idiota se ainda estivesse no grupo, então realmente, não tenho mais nada a fazer aqui. Ouvi todos os episódios por ser um excelente podcast de terror, e não um podcast merda político-partidário. Como você mesmo disse, um trabalho que vem sendo desenvolvido há quase cinco anos… Triste.

        Obrigado pelo adeus, e até nunca mais. Boa sorte no novo direcionamento de um podcast que já foi o melhor do gênero. Vão precisar. Agora, se me dão licença, vou lá assistir a um filme e dizer se ele é bom ou ruim me baseando em representatividade.

        P.S.: Ah, se a questão é “se esconder sob pseudônimos”, meu nome é Felipe. Quer uma foto minha também? Não que eu ache que isso vá fazer muita diferença.

    • Dannilo Araujo

      11 de março de 2017 a 02:50

      eu tava procurando podcast de terror, mas com essa onda de politica toda hora, e “se fosse mulher e negra era perfeito” eu parei com 22 minutos, ainda bem que nao cheguei na parte da “lacração”, mas pode ficar de boa, eu não vou recomendar vcs a ninguem.

    • Anderson Falcão

      24 de março de 2017 a 10:11

      Caramba, cadê o Quéops? O cara é muito bom.

      Amo muito esse Podcast ! Vcs são fera!

  3. Dannilo Araujo

    11 de março de 2017 a 02:52

    to vendo que tem comentários moderados… por que sera?? e onde esta a liberdade de expressão ??

  4. allanfastcorelan

    2 de junho de 2017 a 13:30

    Espero que não tenham desistido do podcast por conta de alguns comentários… Torço para que voltem.

  5. Rodrigo Oliveira

    30 de junho de 2017 a 13:41

    Caras, acabei de conhecer o podcast de vcs e já sinto falta! Retornem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Programas

RÁDIO – PROGRAMA: The Walking Dead (2019)

Publicados

em

The Walking Dead

Neste programa comentamos a trajetória do seriado The Walking Dead em suas nove temporadas de percalços em um mundo infestado de zumbis. (mais…)

Continue lendo

Programas

RÁDIO – PROGRAMA: Lobisomens

Publicados

em

Lobisomens

Chegou a vez de falarmos sobre lobos, lobisomens e licantropos, estes seres mitológicos que uivam à noite e são vítimas de maldições das quais não podem se livrar facilmente. A filmografia destes monstros é irregular, mas destacamos aqui alguns que valem a pena serem vistos. (mais…)

Continue lendo

Programas

PODCAST – Arquivo – José Mojica Marins (2016)

Publicados

em

Podcast Mojica

Em 2016, na quinta temporada de nosso podcast, gravamos um episódio especial sobre a vida e obra do maior ícone do horror no Brasil: José Mojica Marins, o criador do personagem Zé do Caixão. Confira nossa análise de sua filmografia de horror e diversas dicas a respeito de suas obras. (mais…)

Continue lendo

Trending