conecte-se conosco

Programas

PODCAST: S05E11 – Retrospectiva Cinema 2016

Publicados

em

Chegamos ao final do ano com uma boa retrospectiva do que rolou no cinema de horror no ano de 2016 destacando os melhores e piores filmes lançados nas salas de exibição brasileiras e na Netflix. Aproveitem e curtam!

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/298491201″ params=”color=083e73&auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false” width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]


Com
Gabriela, Osvaldo, Geraldo, Jarmeson, Júlio e Felipe
Edição de áudio: Jarmeson de Lima
Direção de Arte: Júlio Carvalho

Assine nosso podcast na iTunes Store:
https://itunes.apple.com/br/podcast/toca-o-terror/id1003394096?mt=2
ou acompanhe no Soundcloud:
https://soundcloud.com/toca-o-terror

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo
10 Comentários

10 Comments

  1. carlos

    24 de dezembro de 2016 a 12:03

    ” A bruxa salvou uma mulher do sistema”???!!!
    Mesmo que eu acreditasse nesta opinião, o custo ( cinco vidas) foi muito alto!

  2. Pescador Parrudo

    22 de fevereiro de 2017 a 10:29

    Porra… Até o Toca o Terror entrou na modinha da justiça social e da lacração? Puta merda, espero que isso pare, porque amo muito esse podcast pra ficar tendo que ouvir baboseiras político-sociais em todos os episódios… Sempre achei o Júlio chato mesmo: Voz irritante, fala por cima dos outros, interrompe os outros… Mas com essa vibe “esquerdista-pseudo-culto-intelectual-pós-moderno”, ele conseguiu ficar mais chato ainda. Saudade do Queops.

    • Jota Bosco

      23 de fevereiro de 2017 a 11:39

      Caro Pescador Parrudo, se for por falta de adeus, toma aqui um, ó ——> adeus

    • Queops Negronski

      23 de fevereiro de 2017 a 15:07

      Caro Pescador Parrudo,
      Em primeiro lugar “Fora Temet”! Em segundo, Aécio e em terceiro, assuma as suas opiniões ao invés de se escondet sob pseudônimos e virulências para atacar um trabalho que vem sendo desenvolvido há quase cinco anos reunindo fãs do gêneto país afora.
      Por fim, não sinta a minha falta, pois, se eu ainda fizesse parte fo podcast engrossaria o coro “esquerdista pseudo-culto-intelectual-pós-moderno”.
      Se é por falta de adeus, até nunca.

      • Pescador Parrudo

        27 de fevereiro de 2017 a 10:09

        Hahahaha. Eu acho muito imbecil essa coisa de polarização política, essa coisa do “Tenho que ser de esquerda” ou “Tenho que ser de direita”, mas o que mais gosto mesmo nessa briguinha imbecil de torcida é que os esquerdistas adoram pagar de politicamente corretos, de “modernos mente-aberta”, descolados e tudo o mais, mas ficam putinhos quando alguém vai contra o ideal e opinião deles. São os primeiros a ficarem passivo-agressivos e com essa coisa de “Não gostou? Queridão, é só parar de seguir”.

        Falam tanto de representatividade, de fazer o certo e os caralho, mas ai de você se não concordar ou fizer uma crítica. É a típica hipocrisia “Respeito a opinião de todo mundo, mas se for diferente da minha, nem precisa seguir meu podcast e/ou canal de YouTube, porque só quero pessoas que amem meu trabalho incondicionalmente e não exponham nada de diferente.”

        E, Queops, depois que você saiu, de fato o podcast ficou muito mais chato. Sempre gostei das suas participações, extremamente divertidas, dinâmicas, e, acima de tudo, sem justiça social modinha imbecil de internet. Era divertido até quando o Júlio, que é chato pra cacete, estava participando. Mas, se acabou de deixar claro que o podcast continuaria seguindo a mesma vibe política idiota se ainda estivesse no grupo, então realmente, não tenho mais nada a fazer aqui. Ouvi todos os episódios por ser um excelente podcast de terror, e não um podcast merda político-partidário. Como você mesmo disse, um trabalho que vem sendo desenvolvido há quase cinco anos… Triste.

        Obrigado pelo adeus, e até nunca mais. Boa sorte no novo direcionamento de um podcast que já foi o melhor do gênero. Vão precisar. Agora, se me dão licença, vou lá assistir a um filme e dizer se ele é bom ou ruim me baseando em representatividade.

        P.S.: Ah, se a questão é “se esconder sob pseudônimos”, meu nome é Felipe. Quer uma foto minha também? Não que eu ache que isso vá fazer muita diferença.

    • Dannilo Araujo

      11 de março de 2017 a 02:50

      eu tava procurando podcast de terror, mas com essa onda de politica toda hora, e “se fosse mulher e negra era perfeito” eu parei com 22 minutos, ainda bem que nao cheguei na parte da “lacração”, mas pode ficar de boa, eu não vou recomendar vcs a ninguem.

    • Anderson Falcão

      24 de março de 2017 a 10:11

      Caramba, cadê o Quéops? O cara é muito bom.

      Amo muito esse Podcast ! Vcs são fera!

  3. Dannilo Araujo

    11 de março de 2017 a 02:52

    to vendo que tem comentários moderados… por que sera?? e onde esta a liberdade de expressão ??

  4. allanfastcorelan

    2 de junho de 2017 a 13:30

    Espero que não tenham desistido do podcast por conta de alguns comentários… Torço para que voltem.

  5. Rodrigo Oliveira

    30 de junho de 2017 a 13:41

    Caras, acabei de conhecer o podcast de vcs e já sinto falta! Retornem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Programas

RÁDIO – PROGRAMA: Como é fazer cinema no Brasil? (2019)

Publicados

em

rádio programa

Este foi um ano histórico para o cinema brasileiro. Tivemos de cinco a dez novas produções nacionais de terror adentrando os cinemas, as plataformas de streaming e os canais de Tv a cabo. Com base neste feito heroico, debatemos os rumos do cinema no país entrevistando ainda alguns convidados especiais no último programa desta temporada do Toca o Terror na Rádio Frei Caneca FM com destaque para “Bacurau” e “O Recife Assombrado“.
(mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo

Programas

RÁDIO – PROGRAMA 03: Tubarões no Cinema

Publicados

em

Programa

Nesta semana, o programa Toca o Terror, transmitido pela Rádio Frei Caneca FM – 101.5 Mhz, vai pegar a onda do lançamento de “Megatubarão” e debater sobre os filmes produzidos com essa ~ameaça dos mares~. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo

Programas

RÁDIO – PROGRAMA 12: Horror Latino

Publicados

em

Horror Latino

Neste programa falamos sobre as obras de horror latino americanos com filmes de cineastas mexicanos, argentinos, uruguaios, cubanos e até venezuelanos. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo

Trending