conecte-se conosco

Eventos

EVENTO: HIDEUX (Recife – 28 a 31/03)

Publicados

em

De 28 a 31 de março, a Aliança Francesa Recife recebe a mostra HIDEUX de cinema com quatro filmes escolhidos pela equipe do Cineclube Toca o Terror. As sessões acontecem a partir das 19h30 em cada noite e a entrada é gratuita. Com o que seria a tradução para o nome MEDONHO, festival que o Toca o Terror organiza, HIDEUX traz em sua programação produções francesas de várias épocas de estilo noir, suspense e, claro, horror. A mostra conta com apoio da Aliança Francesa, do Institut Français do Brasil no Recife, do Institut Français e da Cinemateca da Embaixada da França.

Programação – A mostra HIDEUX abre no dia 28 com “O Demônio da Argélia” (Pepe Le Moko), filme de 1936 dirigido por Julien Duvivier. A trama se passa no norte da África onde o criminoso francês Pépé (Jean Gabin) encontra-se foragido. Vivendo em Casbah como um manda-chuva e com saudades de Paris, sua vontade de retornar à terra-natal aumenta quando conhece a bela turista Gaby (Mireille Balin). Seu dilema é que se tentar retornar a Paris, Pépé poderá ser pego pelo astuto detetive Slimane (Lucas Gridoux).

https://www.youtube.com/watch?v=jMlmf2hGEwc

O segundo dia de exibição reserva um clássico de 1958 de Louis Malle: “Ascensor para o Cadafalso” (Ascenseur pour l’énchafaud). O filme apresenta o ardiloso plano de Florence (Jeanne Moreau) e seu amante Julien (Maurice Ronet) para matar o marido dela. Com um suicídio forjado, vários indícios no local do crime podem incriminá-los. Esta foi a estreia de Louis Malle como diretor aos 25 anos e uma das obras-primas do gênero enfatizada pela trilha de Miles Davis.

Um thriller perturbador à época, “Olhos sem Rosto” (Les Yeux Sans Visage), de Georges Franju, foi lançado em 1960, mesmo ano de obras devastadoras como “Psicose” e “Tortura do Medo“. Franju explora o infortúnio de Christiane (Edith Scob) terrivelmente desfigurada por conta de um acidente automobilístico. Perturbado pelo ocorrido, seu pai, Dr. Génessier (Pierre Brasseur), um brilhante cirurgião plástico resolve então sequestrar jovens moças para transplantar a pele delas para o rosto da filha, tentando reconstruir sua beleza.

https://www.youtube.com/watch?v=TGNFynNqJ2A

O encerramento da mostra HIDEUX ocorre na sexta (31) com uma produção de 2013 de Hélène Cattet & Bruno Forzano, “A Estranha Cor das Lágrimas do Seu Corpo” (L’étrange Couleur des Larmes de Ton Corps). Voltando de uma viagem, Dan (Klaus Tange) encontra seu apartamento trancado e sua esposa desaparecida. Buscando informações, sua vizinha conta que seu marido um dia descobriu um outro andar sobre seu quarto e também sumiu. Enquanto procura descobrir o que aconteceu, ele mergulha num mundo de pesadelos e violência, completamente distante de sua realidade.

Realização – O Toca o Terror é o primeiro cineclube do gênero horror no Recife com edições mensais sendo um desdobramento do blog e podcast Toca o Terror, que comenta sobre publicações, filmes, seriados e HQs divulgando a produção nacional e internacional. Com mais de 90 programas gravados sobre diversos temas (vampiros, zumbis, raridades e monstros), o Toca o Terror já realizou sessões especiais no Festival de Inverno de Garanhuns, Janela Internacional de Cinema do Recife e na maratona MEDONHO.

HIDEUX
Local:
Aliança Francesa
R. Amaro Bezerra, 466, Derby – Recife

PROGRAMAÇÃO

Ter – 28 de março – 19h30
“O Demônio da Algéria” (Pépé Le Moko)
Dir: Julien Duvivier, 1936

Qua – 29 de março – 19h30

“Ascensor para o Cadafalso” (Ascenseur pour l’échafaud)
Dir: Louis Malle, 1957

Qui – 30 de março – 19h30

“Os Olhos sem Rosto” (Les yeux sans visage)
Dir: Georges Franju, 1960

Sex – 31 de março – 19h30

“A Estranha Cor das Lágrimas do seu Corpo” (L’étrange couleur des larmes de ton corps)
Dir: Hélène Cattet & Bruno Forzano, 2013

Entrada Gratuita
Mais informações:
www.facebook.com/tocaoterror

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eventos

CAMPANHA: Canibal Filmes – Os Bastidores da Gorechanchada

Mais de 450 páginas sobre os bastidores de três décadas de produção constante de filmes gore experimentais e transgressores é o que promete o veterano diretor de SOVs (Shot On Video) Petter Baiestorf, sobre seu livro “Canibal Filmes – Os Bastidores da Gorechanchada”.

Publicados

em

Capa provisória

Capa provisória

Mais de 450 páginas sobre os bastidores de três décadas de produção constante de filmes gore experimentais e transgressores é o que promete o veterano diretor de SOVs (Shot On Video) Petter Baiestorf, sobre seu livro “Canibal Filmes – Os Bastidores da Gorechanchada“. (mais…)

Continue lendo

Eventos

EVENTO: MIS-SP celebra a Sexta-Feira 13 com Folk Horror (2020)

Publicados

em

Evento Folk Horror

Na primeira Sexta-feira 13 de 2020, o Museu da Imagem e do Som de São Paulo apresenta em março a sua tradicional mostra de filmes de terror durante a madrugada. Desta vez, a temática do evento é o folk horror, apresentando obras relacionadas ao horror e paganismo em áreas rurais e isoladas. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

SOBRE A MOSTRA – Cidades isoladas, tradições pagãs, rituais e possessões demoníacas são características presentes em um subgênero que se consolidou no final dos anos de 1960, em especial nos filmes britânicos de horror da época. Produções que exploravam as inquietações das pequenas cidades do interior e um passado rural que retorna através das tradições dessas pequenas localidades.

Nesta mostra de três filmes, “O Homem de Palha” (Dir. Robin Hardy, 1973) é o primeiro filme exibido na maratona. A produção é um dos marcos de consolidação do folk horror, ainda no início dos anos de 1970. Na sequência do evento, será exibido o longa americano Midsommar – O mal não espera a noite (2019) e o sul-coreano O Lamento (2016), duas produções cinematográficas recentes, e de diferentes culturas, que constroem suas narrativas através de características da produção de nicho.

PROGRAMAÇÃO

23h | O Homem de Palha (The Wicker Man)
Dir: Robin Hardy, 1973, Reino Unido – 16 anos
Após o desaparecimento de um jovem, o policial Neil Howie (Edward Woodward) chega na ilha de Summerisle, na Escócia, para investigar o desaparecimento. Logo ele descobre que os moradores não estão dispostos a colaborar com as investigações. Após ele conhecer um poderoso fazendeiro, o Lord Summerisle (Christopher Lee) a tensão aumenta ainda mais, já que o fazendeiro lidera uma estranha seita pagã.


01h | Midsommar – O mal não espera a noite (Midsommar)
Dir: Ari Aster, 2019, EUA – 18 anos
Dani (Florence Pugh) vai com o namorado Christian (Jack Reynor) e com amigos até a Suécia passar férias em um festival de verão do país. Mas, ao contrário do que imaginavam, eles não terão férias tranquilas, vão presenciar rituais bizarros de uma adoração pagã em um evento de raízes ancestrais.


03h50 | O Lamento (Gokseong)
Dir: Hong-ji Na, 2016, Coréia do Sul – 14 anos
Em um vilarejo pacifico assassinatos cruéis começam a ocorrer, cometidos pelos próprios moradores. As autoridades pensam que os moradores estão fora de si porque consumiram cogumelos venenosos. Mas, o inspetor da polícia Jong-Goo (Kwak Do-Won) acredita que a origem dos casos seja sobrenatural e que está ligada a chegada de um forasteiro ao vilarejo. Enquanto investiga o forasteiro, o inspetor percebe que sua filha pode ser vítima do ataque.

Continue lendo

Eventos

EVENTO: A Vingança dos Filmes B – Parte IX (Porto Alegre)

Publicados

em

A Vingança dos Filmes B

A Vingança dos Filmes B chega a sua nona edição acreditando no cinema de gênero como ferramenta de contestação e arma vital para a resistência cultural. Durante 10 dias serão exibidos na tela da Cinemateca Capitólio 23 longas e 30 curtas metragens dos mais variados gêneros, de documentários, passando pelo cinema de horror e ficção científica, pelo giallo e o western spaghetti, até comédias anárquicas e filmes de ação brutais. (mais…)

Continue lendo

Trending