conecte-se conosco

Dicas

GAME: Outlast 2

Publicados

em

[Por Felipe Macedo]

Após me decepcionar com quase todos os filmes lançados no cinema neste ano, chegou para mim um grande agrado chamado Outlast 2. Sim, sei que é outra mídia porque se trata de um video game, mas ele está recheado de referências e homenagens a clássicos do cinema de terror. O game faz o que vários filmes deveriam fazer, mas esquecem ou simplesmente tem medo (o que não deixa de ser irônico): assustar o público.

Apesar de ser uma sequência enumerada, Outlast 2 segue uma história independente do primeiro, servindo como uma antologia onde o foco é a sobrevivência. Nesse capítulo, seguimos um casal de repórteres que segue a pista de um estranho caso de assassinato de uma mulher grávida, que os levam para um lugar remoto. No entanto, eles não chegam diretamente no local, pois o helicóptero que os leva cai, deixando ao nosso protagonista a missão de encontrar sua mulher e juntos saírem dali. A missão, claro, não será tão simples, pois dois grupos rivais de fanáticos religiosos estão em conflito e ambos querem seu sangue.

O game não tira o pé do acelerador e não tem dó de mostrar corpos de crianças, mulheres grávidas e outras cenas chocantes. O texto é bastante profano e demonstra a loucura que se encontra ali. A já citada questão do fanatismo é levada a níveis pesados e inimagináveis. Não fica difícil fazer uma ponte com a realidade e o poder de alienação que é capaz de “cegar” as pessoas a fazerem coisas horrendas por um suposto bem maior.

A violência é extrema e as mortes proporcionadas por nossos algozes são sempre extremamente gore. Aqui você não ataca. Sua ‘”arma” é apenas uma câmera digital, onde você registra sua jornada. Aqui além de filmar, você anda, corre e principalmente se esconde. Existe um movimento de contra-ataque que serve para derrubar os adversários, mas não é tão eficaz e não pode ser usado sempre… Ou seja, corra! A visão em primeira pessoa ajuda bastante a entrar no clima de urgência e horror. Até a datada visão noturna utilizada a exaustão no cinema funciona perfeitamente aqui.

Esteja preparado para uma experiência visceral. Eu particularmente senti no corpo toda a tensão que o game traz, já que ficava tão rígido que não conseguia jogar muito tempo. Outra coisa boa é que os sustos vão fazer parte da rotina. Até sua própria sombra vai te fazer borrar em diversos momentos. Para quem é fã de terror mais antigo vai notar as homenagens a filmes como O Iluminado, Tubarão, [Rec], Abismo do Medo, entre outros. A literatura de Lovecraft também serviu de inspiração para a construção desse pesadelo.

Outlast 2 é um respiro aliviado para o fã de terror que procura algo diferente e quer realmente se assustar. O jogo foi tão influente que o novo game de Resident Evil bebe muito dessa fonte. Mesmo assim, foi comparado pelo youtuber Velberan a um passeio no parque se comparado com essa parte 2.

O game se encontra disponível para playstation 4, Xbox One, Windows e Mac.

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. Mateus Sousa (@msousap15)

    23 de junho de 2017 a 14:15

    Cara, que jogo foda, puta que pariu!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

DICA DA SEMANA: O Soro do Mal (1988)

Publicados

em

O Soro do Mal

Nem é preciso elocubrar muito para dizer que “O Soro do Mal” (Brain Damage) é um daqueles filmes que tem a cara do terror dos anos 80 e que caberia perfeitamente na programação de um Cine Trash. Para os nostálgicos que assistiram antes, revê-lo hoje em dia é um deleite e tanto. Para quem nunca viu… coloque o cinto de segurança. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: O Portão (1987)

Publicados

em

O Portão

A coluna “Dica da Semana” do Toca o Terror está sempre recomendando algum filme marcante dos bons tempos em que o terror tinha alguma importância na TV aberta. Hoje não será diferente.  (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Terror em Silent Hill (2006)

Publicados

em

Silent Hill

[Por Júlio Carvalho]

A dica pra o fim de semana é essa adaptação de 2006 para o cinema de “Silent Hill“, famosa franquia de games do fim dos anos 90 de survivor horror da Konami, e que está no catálogo da Netflix Brasil. (mais…)

Continue lendo

Trending