conecte-se conosco

Dicas

DICA DA SEMANA: The Texas Chainsaw Massacre 2 (1986)

Publicados

em

TCM2-1

[Por Jota Bosco]

No último 26 de agosto de 2017, Tobe Hooper nos deixou. Então nada mais justo do que homenagear esse grande diretor que em seus altos e baixos (pô… em seus altos, o cara fez meu filme favorito do gênero!) dirigiu filmes que fazem parte da cinemateca básica de todo fã de horror que se preze.

Como essa sessão é sobre dicas de filmes que você pode assistir online com poucos cliques no mouse, minha escolha foi um filme que entrou recentemente na Netflix Brasil e que apesar de muita gente ter birra ou torcer o nariz pra ele, acho um dos acima citados, “pontos altos” do diretor: The Texas Chainsaw Massacre 2.

TCM2-2

O cartaz de divulgação que vem parodiando o hoje clássico “Clube dos Cinco“, já dá uma boa ideia do que veremos nos próximos 101 minutos. Esqueça o clima sombrio e tenso. Aqui temos uma grande paródia. É uma adequação ao estilo oitentista dos slashers e do gore com pitadas de humor como vemos em filmes como “Um Lobisomem Americano em Londres” e “A Hora do Espanto“, além da obra icônica que o antecede.

TCM2-3

Em TCM2 temos o retorno dos clássicos personagens: Drayton (Jim Siedow), com seu racismo e devaneios de pequeno empreendedor tipo “imposto é roubo!”; Vovô Sawier (Ken Evert) e sua incrível disposição aos 103 anos; Leatherface aqui ainda mais bobalhão (com atuação de Bill Johnson e não pelo eterno Gunnar Hansen) e a apresentação de mais um integrante da trupe: Chop-Top (Bill Moseley, em sua segunda atuação no cinema), o irmão gêmeo do inesquecível carona do primeiro filme.

O elenco ainda traz novos personagens da trama: A “final girl”, Stretch (interpretada por Caroline Williams), uma DJ que acaba sendo testemunha de um assassinato cometido pela turminha de açougueiros e o porraloca do ex-policial Lefty Enright (interpretado pelo porraloca do Dennis Hopper), que busca vingança contra o bando.

TCM2-4

Bem, se você espera assistir um filme sério, vai detestar. Mas se você entrar na pilha dos envolvidos na obra (dá pra notar que todo mundo tá se divertindo horrores) vai assistir um filme com um cast fuderoso, cenários de primeira, muito sangue e tripas (é Tom Savini, porra!!!), “sacadinhas” e muito humor. Só digo uma coisa: obrigado por mais essa, Tobe!

Continue lendo
3 Comentários

3 Comments

  1. augusto

    14 de setembro de 2017 a 22:33

    Acho esse filme ótimo. O diretor aumentou a dose da violência em relação ao original e acrescentou uma boa dose de humor, ou seja, não buscou requenta a primeira parte.

  2. Pingback: RESENHA: Os 3 Infernais (2019) | Toca o Terror

  3. Pingback: RESENHA: Leatherface (2017) - Toca o Terror

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

LISTA: Filmes que parecem Black Mirror

Publicados

em

Lista Black Mirror

[Por Jarmeson de Lima]

Recentemente acabei encarando uma série de filmes que pareciam extraídos do cultuado seriado britânico “Black Mirror“. Pra quem já viu, sabe que a tônica é ver histórias em um futuro distópico com situações onde a humanidade e a sensibilidade humana é posta em xeque com um tom pessimista. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Hanyo, a Empregada (1960)

O cinema sul-coreano de horror é um dos melhores do mundo. E não é de hoje…

Publicados

em

Hanyo

Após a grande vitória de Parasita no Oscar 2020, os olhos do público admirador da sétima arte se voltaram para a Coreia do Sul. E aproveitando esse barco, minha dica de semana é um filme de 1960 chamado “Hanyo, a Empregada“, considerado o “Cidadão Kane” coreano pelo diretor Bong Joon-ho. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Jantar Sangrento (1987)

Publicados

em

Jantar Sangrento

[Por Felipe Macedo]

Os anos 80 ainda escondem certas pérolas para amantes de filmes trash e que merecem ser conhecidos. Jantar Sangrento (Blood Diner) é uma dessas. Na verdade, eu já tinha ouvido falar sobre essa beleza algum tempo atrás e não tinha dado a devida importância. Só depois de assistir é que me arrependi de não ter visto antes acompanhado de algumas brejas para a experiência ser ainda mais divertida. (mais…)

Continue lendo

Trending