conecte-se conosco

Dicas

DICA DA SEMANA: Viy – A Lenda do Monstro (1967)

Publicados

em

Viy - A Lenda

[Por Geraldo de Fraga]

Aproveitando a chegada da Copa do Mundo da Rússia, vamos relembrar um dos maiores clássicos do cinema do país. Ok, forcei. Mas o que interessa é que VIY – A Lenda do Monstro, esse filme soviético é um espetáculo visual e tem uma grande importância para a história do terror que é muitas vezes ignorada.

Em 2014, até ganhou um remake, com direito à tecnologia 3D, que saiu aqui no Brasil com o título de ‘Império Proibido’, que tem a roupagem de blockbuster clássico, muito mais puxado para a fantasia do que qualquer outra coisa.

O original, dirigido por Konstantin Ershov e Georgi Kropachyov, é baseado em um conto de Nikolai Gogol, o mesmo escritor ucraniano que já tinha sido adaptado em outro clássico: Black Sunday (1960), de Mario Bava.

Na história, o seminarista Khoma (Leonid Kuravlyov) e dois amigos acabam pedindo abrigo na casa de uma bruxa. Ele consegue fugir, não sem antes dar uma surra na velha, que se transforma em uma linda e jovem mulher. De volta ao seminário, Khoma recebe um chamado. Ele deve passar três noites rezando diante do corpo de uma mulher em uma igreja, a pedido dela em seu leito de morte. Adivinhem quem é a moça?

VIY é mistura primorosa de várias lendas do leste europeu, o que por si só já é motivo para qualquer admirador do gênero se empolgar. Filme essencial para fãs de horror. Aproveite que tem no Youtube legendado em português.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

RESENHA: Scare Campaign (2016)

Publicados

em

Scare Campaign

[Por Jarmeson de Lima]

Apesar do catálogo restrito, uma das melhores coisas da Netflix é poder encontrar produções independentes de horror que circularam muito pouco por aí. Um destes bons exemplos é o australiano “Scare Campaign” que foi exibido apenas em festivais de gênero e que agora todos podem assistir na versão nacional da plataforma de streaming. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Piquenique na Montanha Misteriosa (1975)

Publicados

em

Piquenique na Montanha Misteriosa

Ah, a Austrália…. Nunca fui, mas gosto de muitos longas que se passam lá: Mad Max, O Corte da Navalha, Pelos Caminhos do Inferno, Wolf Creek, Morte Súbita. Porém, o filme que indicarei hoje não tem 0,1% da violência desses que eu falei, mas não deixa de ser um belo exemplar do cinema de horror da terra dos cangurus.

Piquenique na Montanha Misteriosa (Picnic at Hanging Rock, 1975) é um dos primeiros trabalhos do diretor Peter Weir em sua terra natal. Depois ele partiu para os EUA, onde dirigiu grandes produções como O Show de Truman, A Testemunha e Sociedade dos Poetas Mortos e colecionou indicações ao Oscar.

O roteiro de Cliff Green, baseado no livro de Joan Lindsay, conta a história de um grupo de jovens estudantes de um colégio para moças que, em 14 de fevereiro de 1900, partiram para uma excursão a Hanging Rock, um conjunto de montanhas que tinha a má fama de ser um local onde coisas esquisitas acontecem. E, claro, acontecem no filme também. Três meninas e uma professora somem durante o passeio.

A partir daí, um clima de histeria coletiva toma conta da cidade e do colégio. Mas, como citado acima, não veremos um pingo de sangue nos momentos de tensão. O filme de Peter Weir tem uma forte pegada de conto de fadas e faz muitas referências a sonhos. Além disso, o diretor explora com perfeição a paisagem inóspita da Austrália, que era praticamente intocada, no início do século passado.

Não precisa dizer que Piquenique na Montanha Misteriosa é o que se costuma chamar de “lento”, mas se você curte fugir um pouco do banho de sangue e entrar de cabeça em produções mais “viajadas”, a dica está dada. Tem no YouTube, mas sem legendas.

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Pequeno Demônio (2017)

Publicados

em

Pequeno Demônio

[Por Felipe Macedo]

Filmes com crianças diabólicas estão entre nós há muito tempo, tendo como principal exemplo o clássico “A Profecia”. E como o cinema vez ou outra mostra crianças como monstros capazes de terríveis atrocidades, “Pequeno Demônio” (Little Evil), filme original da Netflix é o novo exemplo deste sub-gênero. Quer dizer… mais ou menos. Aqui o tom não é de terror e sim de comédia que satiriza esse filão de forma bacana. (mais…)

Continue lendo

Trending