conecte-se conosco

Resenhas

RESENHA: Veronica (2017)

Publicados

em

Veronica
[Por Jarmeson de Lima]

O cinema de horror espanhol, como bem sabemos, produz filmes acima da média com temáticas obscuras, conflitos espirituais e bastante criatividade. Desta vez, Paco Plaza, co-criador de [rec] aparece para o mundo com Veronica, obra disponível na Netflix e que já foi apontado por alguns como o filme mais assustador da plataforma. Ok, ele é bom, mas vamos com calma.

Veronica se baseia em um caso real registrado pela polícia espanhola como o primeiro e (até agora) único caso de possessão sobrenatural no país. Para reforçar a ligação com o mundo real, ele tenta reconstituir o ocorrido com o dia a dia da adolescente que dá nome ao filme com base nos depoimentos do detetive e das testemunhas do caso. Tudo isso sem voz em off, viu Padilha!

O longa adota a perspectiva da jovem Verónica que inadvertidamente “brinca” com uma tábua Ouija e traz ao mundo dos vivos uma entidade que assume o papel de seu falecido pai. A partir daí, o espírito começa a interferir na vida da adolescente na escola e em sua casa, colocando em risco a sua vida e a de seus irmãos.

E como é um caso baseado em um fato real com poucas evidências, isso dá margem à direção carregar um pouco nas tintas na hora de recontar a história. Por ser um caso de natureza fantasmagórica sem registros reais, o horror transparece com força nas sequências de sonho e alucinação, o que tá longe de ser ruim, na verdade.

O que faz de Veronica ainda mais assustador é a combinação de diversos elementos do universo do horror que a gente sabe que funciona bem quando trabalhados: Crianças e Espíritos. De quebra ainda temos uma freira cega pra deixar tudo ainda mais cabuloso…

Mesmo sem a força da estética “found footage“, Paco Plaza nos dá um bom produto capaz de deixar muita gente apavorada por dias e noites pelas imagens impactantes que gravou. Se fosse pra resumir, Verónica seria tipo Invocação do Mal só que bom. E sem as apelações de James Wan.

Escala de tocância de terror:

Direção: Paco Plaza
Roteiro: Fernando Navarro e Paco Plaza
Elenco: Sandra Escacena, Bruna González, Claudia Placer
País de origem: Espanha
Ano de lançamento: 2017

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. Pingback: LISTA: Filmes estrangeiros de terror | Toca o Terror

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: In Search of Darkness (2019)

Publicados

em

Search of Darkness

[Por Frederico Toscano]*

In Search of Darkness é um documentário com uma proposta simples e direta: destrinchar a produção de horror dos Estados Unidos da década de 80. Lançado em maio do ano passado, acabou não chamando tanta atenção no Brasil (ou mesmo lá fora), provavelmente por não ter recebido uma distribuição e divulgação mais abrangentes. O que é compreensível, já que o projeto não saiu de um estúdio convencional, sendo fruto de uma bem-sucedida campanha de arrecadação dos sites Kickstarter e Indiegogo.

Com a meta alcançada e os fundos garantidos, o diretor e roteirista David Weiner deve ter pensado que os apoiadores mereciam ver seu dinheiro bem empregado. E entregou um filme de quatro horas e meia de duração. E pensar que teve gente reclamando de O Irlandês(mais…)

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: Os Estranhos – Caçada Noturna (2018)

Publicados

em

Caçada Noturna

[Por Felipe Macedo]

O medo da violência atinge a todos nós, cada vez mais assustados com a quantidade de casos assim em todo o mundo. Sendo assim, o único lugar em que nos sentimos seguros é nossa casa, certo? Mas imagina se um trio de assassinos mascarados começa a fazer jogos macabros para te aterrorizar e logo depois te caçar sem piedade? Essa é a trama do primeiro Os Estranhos (2008) e que foi alterada quase que por completo em sua tardia sequência. (mais…)

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: As Fábulas Negras (2015)

Publicados

em

Fábulas Negras

Por Jota Bosco

Rodrigo Aragão, diretor de Mangue Negro (2008), A Noite do Chupacabras (2011) e Mar Negro (2013) lança seu mais novo longa, As Fábulas Negras. Projeto que envolve, além dele, claro, alguns dos principais nomes do gênero no país como Petter Baiestorf e Joel Caetano. E pra fechar com chave de ouro, nada mais que José Mojica Marins (Sim!! José Mojica Marins, porra!!!!). (mais…)

Continue lendo

Trending