conecte-se conosco

Resenhas

SÉRIE: AHS 1984 (2019)

Publicados

em

AHS 1984
[Por Jarmeson de Lima]
Eis que chegamos à nona temporada de American Horror Story, série que já fez temporadas em casa assombrada, hospício, covil de bruxas, hotel sinistro, circo de horrores, reality show, culto e concedeu Emmys a Jessica Lange e Kathy Bates. Isso claro sem falar de um elenco recorrente e que depois despontou em outras produções.

Bem, em “AHS 1984“, não temos até agora a presença das já citadas atrizes premiadas, mas um rosto conhecido da série é quem está à frente como protagonista: Emma Roberts. Depois de aparecer em temporadas esporádicas e ser uma das “Scream Queens” da série de mesmo nome, produzida também por Ryan Murphy, Roberts encarna a jovem Brooke Thompson que enfrenta apuros no Acampamento Redwood.
O contexto é aquele que outros filmes e séries estão se esmerando em reproduzir: os anos 80. Em termos de ‘homenagem’, já sabemos que esta nova temporada quer recriar o clima de slashers e de filmes de acampamento como já foi feito em “Verão de 84” e “Terror nos Bastidores“.

A estética aqui mais uma vez precede o roteiro e facilmente você pode se enebriar com o visual e se esquecer da história. As referências e easter-eggs pulam da tela em cada cena e mais uma vez mostra que em termos de ‘reconstituição de época’ a dupla Murphy e Falchuk sabe por onde pisa.
De um ‘prequel’ que apresenta mortes violentas por um misterioso assassino em 1970, passamos para acompanhar em um pulo o cotidiano de um outro grupo jovem em 1984. E é nesta época conturbada que rondam boatos que um serial killer está agindo no verão da Costa Oeste.
Como a jovem Brooke sofreu uma tentativa de assalto e invasão domiciliar, os amigos tentam confortá-la convencendo-a a irem juntos a um acampamento para se afastar do meliante à solta. A partir daí já podem se preparar para avisos inesperados de um funcionário de posto de gasolina de beira de estrada e mais gente estranha que aparece no caminho. A originalidade, é claro, não é bem o forte de American Horror Story que usa e abusa dos previsíveis clichês do gênero.

O problema recorrente em AHS 1984e em outras séries similares de horror é que muitas vezes a trama não rende o suficiente para tantos episódios. Se fosse só um telefilme ou minissérie curtinha, podia funcionar mais. Além disso, muitas vezes o desenrolar dos episódios nas temporadas de AHS acabam mudando completamente o rumo da história pra coisas até sem nexo. Mas vai que dá certo desta vez, né?! Aguardemos pra ver o que acontece…

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: Operação Overlord (2018)

Publicados

em

Overlord

[Por Jarmeson de Lima]

Convenhamos que filmes de guerra e filmes de terror não são lá muito populares. Às vezes um ou outro fura a bolha de público e passam a ter sucesso, mas não é sempre que isso acontece. Assim sendo, imagine que “Operação Overlord” foi pensado para ser uma mistura de “O Resgate do Soldado Ryan” com “Resident Evil“. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: Verão de 84 (2018)

Publicados

em

Verão de 84

[Por Felipe Macêdo]

A nostalgia causada pelos anos 80 parece não ter fim e provavelmente vai render mais um bocado, dado o sucesso da série “Stranger Things” e filmes como “IT- A Coisa” (2017). “Verão de 84” bebe desse revival estético daquela década e procura sua identidade nesse meio, trazendo uma trama de mistério com elementos de terror. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: O Homem nas Trevas (2016)

Publicados

em

homemnastrevas_3

[Por Felipe Macedo e Jarmeson de Lima]

O diretor Fede Alvarez, retorna com seu novo trabalho, após ser descoberto pelo diretor Sam Raimi e juntos terem realizado o remake do clássico “Evil Dead – A Morte do Demônio“. O novo trabalho em questão é “O Homem nas Trevas” (Don’t Breathe), mais uma vez produzido pelo seu tutor hollywoodiano. O longa vem como desafio e servirá para provar se o diretor uruguaio seria realizador de um filme só ou se terá vida própria dentro da sétima arte. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Trending