conecte-se conosco

Eventos

HQ: Lançamento – "A Máscara da Morte Branca"

Publicados

em


Assombração pernambucana de Branca Dias ganha revista em quadrinhos
Parte integrante do rico panteão de personagens lendários e aterrorizantes das histórias de medo pernambucanas, a judia portuguesa Branca Dias é conhecida por, em noites enluaradas, lavar talheres no Açude do Prata – localizado no bairro de Dois Irmãos, Zona Norte do Recife. Encarcerada durante dois anos pela Inquisição no país natal, ela conseguiu fugir para o Brasil e seu espírito não descansa em paz enquanto houver perseguição e injustiça.
Inspirada na escrita de Edgar Allan Poe, “A Máscara da Morte Branca” é uma história em quadrinhos baseada em lenda clássica do Nordeste antigo, lançada pela editora Draco. Com roteiro de Alexey Dodsworth, arte de Isaque Sagara e capa de David Oliveira, toda a trama é historicamente embasada e conta como Branca Dias foi de heroína do povo judeu, no período colonial, a assombração dos tempos atuais. Na capital pernambucana, o lançamento da obra ocorre no dia 14 de dezembro, às 17h, no Museu da Cidade do Recife – Forte das Cinco Pontas. Na ocasião, Alexey profere a palestra “Branca Dias e outras sombras”. A revista será vendida no local.
A gênese da obra surgiu a partir de interesses bem pessoais do roteirista. Tendo como um dos seus hobbies preferidos o estudo de genealogias, Alexey descobriu que o casal de judeus portugueses Branca Dias e Diogo Fernandes são seus ancestrais (quinze gerações até chegar a ele). A partir daí, ele passou a pesquisar sobre a vida da pessoa real por trás do mito assombrado. “Além disso, tomei conhecimento de uma lei decretada pelos governos de Portugal e da Espanha, que concede cidadania a quem provar que descende de judeus perseguidos pela Inquisição, que é exatamente o meu caso, já que ela foi presa e torturada por dois anos”, conta Dodsworth.
Além dos quadrinhos, o leitor de “A máscara da morte branca” tem acesso a trechos de alguns desses documentos históricos. Eles expõem a virulenta perseguição a que foram submetidos os descendentes de Branca Dias. A obra também serve como fonte de informação sobre um pouco da história dessa mulher que foi uma das primeiras professoras de meninas do Brasil e tem muitos descendentes espalhados pela região nordeste.

Autor – Apesar do nome estrangeiro (muita gente pensa que é pseudônimo, mas é nome real), Alexey Dodsworth é natural de Salvador, Bahia. Está radicado há 14 anos em São Paulo. É doutor em Filosofia tanto pela Universidade de São Paulo quanto pela Università Ca’ Foscari de Veneza, na Itália. É membro do conselho de pesquisa do Departamento de Bens Culturais e Filosofia da Università Ca’ Foscari.
Alexey tem três livros publicados, todos de ficção científica: “Dezoito de Escorpião”, “O Esplendor” e “Extemporâneo”. Os dois primeiros receberam o Prêmio Argos de Literatura Fantástica, concedido pelo Clube de Leitores de Ficção Científica. Como roteirista, tem várias histórias em quadrinhos publicadas, todas elas de ficção científica, fantasia ou suspense.
Palestra “Branca Dias e outras sombras”, com Alexey Dodsworth
Lançamento – “A Máscara da Morte Branca”
Data: Sábado, dia 14 de dezembro, às 17h
Local: Museu da Cidade do Recife – Forte das Cinco Pontas – Bairro de São José
Entrada gratuita – Com venda da revista no local
Fones:
(81) 3355-9543 / 3355-3107 / 3355-9544

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eventos

EVENTO: A Vingança dos Filmes B – Parte IX (Porto Alegre)

Publicados

em

A Vingança dos Filmes B

A Vingança dos Filmes B chega a sua nona edição acreditando no cinema de gênero como ferramenta de contestação e arma vital para a resistência cultural. Durante 10 dias serão exibidos na tela da Cinemateca Capitólio 23 longas e 30 curtas metragens dos mais variados gêneros, de documentários, passando pelo cinema de horror e ficção científica, pelo giallo e o western spaghetti, até comédias anárquicas e filmes de ação brutais. (mais…)

Continue lendo

Eventos

INSCRIÇÕES: 10º CineFantasy (2020)

Publicados

em

Cinefantasy

Estão abertas as inscrições para a décima edição do CINEFANTASY – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Os interessados poderão enviar o material até 13 de março, desde que a temática seja fantástica, horror, ficção científica e/ou fantasia. A novidade desta edição é a ampliação do universo fantástico com filmes de western, thriller e ação, podendo ser da categoria ficção, animação ou documentário.

O tema do 10º CINEFANTASY – O Horror é Real, mira na “necessidade de pautarmos um festival do gênero fantástico com temas ricos ao compromisso civilizatório, às conquistas democráticas, às garantias sociais, contra a censura e todas as formas de autoritarismo e num coro sobre o direito à um planeta saudável”, diz Monica Trigo, diretora do festival.

O artista polonês Jakub Rozalski assina a arte da 10ª edição do CINEFANTASYcom a obra O Demônio do Fogo das Florestas Tropicais. Jakub, nasceu em 1981, em Koszalin. É criador de World of 1920+ (Scythe, Iron Harvest), também é autor da arte arte conceitual do filme Kong: A Ilha da Caveira (2015).

A convite da organização, o artista que tem um olhar crítico aceitou a parceria justamente pelo momento que o planeta passa por gigantescas queimadas com irreversíveis danos às florestas da Amazônia, Austrália e California e ao retrocesso do Brasil nas políticas culturais.

Somando as edições anteriores o Cinefantasy exibiu 927 filmes, 53 atividades formativas, 3.308 filmes inscritos e já homenageou grandes nomes do cinema, como Robert Morgan (The Cat With Hands), Marc Price (Colin), José Mojica Marins (trilogia Zé do Caixão), Ruggero Deodato (Cannibal Holocaust), Juliana Rojas (As Boas Maneiras), Eduardo Sanchez e Dan Myrick (A Bruxa de Blair) e Sergio Mamberti (Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme).

O festival se divide nas seguintes sessões competitivas nas categorias Amador, Animação, Estudante, Fantasia, Fantástica Diversidade, Ficção Científica, Horror, Mulheres Fantásticas:
– MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS – são filmes produzidos nos últimos 24 meses, inéditos em Festivais
realizados no estado de São Paulo, captados em qualquer formato.
– MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS – são filmes produzidos nos últimos 24 meses, com duração de até 15
minutos, inéditos em Festivais realizados no estado de São Paulo, captados em qualquer formato

O regulamento completo está disponível no site http://www.cinefantasy.com.br

Continue lendo

Eventos

EVENTO: Sexta-feira 13 com clássicos no MIS-SP

Publicados

em

Frankenstein (1931)
Mais uma vez, o MIS – instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – preparou uma maratona de filmes para os fãs do gênero terror aproveitarem a madrugada da Sexta-Feira 13. Em parceria com a Sony Pictures Home Entertainment, o Museu traz uma seleção especial de grandes clássicos do terror com quatro longas que serão exibidos na sequência.
(mais…)

Continue lendo

Trending