conecte-se conosco

Dicas

DICA DA SEMANA: Argila Vampira (2017)

Publicados

em

Argila Vampira
[Por Jarmeson de Lima]
Em uma escola de artes plásticas na zona rural do Japão, um grupo de jovens e ambiciosos estudantes acaba utilizando uma argila que está possuída e que começa a causar assassinatos terríveis“. Qual a probabilidade de um filme com esta sinopse ser bom? Confesso que relutei muito antes de ver, mas depois que comecei, não dava mais pra parar.

Com o nome de “Argila Vampira“, tradução literal pra “Vampire Clay” (título internacional), o filme basicamente é isso ae que você leu lá em cima com o ‘plus’ de ser mais insano e divertido do que parece. É claro que se não fossem os bons efeitos práticos e a maquiagem exótica, metade da graça do filme iria por água abaixo.
Apesar de se falar em “vampiro”, a única semelhança com os seres mitológicos que conhecemos é o fato da argila sinistra ter seu apreço por sangue. Ainda assim, ela funciona e se parece bem mais com The Blob ou The Thing do que uma criatura hematófaga que veio à tona a partir da doença de um artista plástico sem talento.

Mas bem, esse é o tipo de filme em que não é preciso pensar muito ou exigir algo muito elaborado. É gore e dodói como a maioria dos filmes japoneses de horror precisa ser. Várias cenas me deram uma certa agonia em assistir, o que por si só já demonstra o quão eficaz essa “Argila Vampira” é.
Sôichi Umezawa, o diretor deste longa, também assinou o roteiro e já preparou uma continuação para este filme que tende a se tornar cult em pouco tempo. Se pudesse, já iria encomendar um remake brasileiro em Caruaru e daria o nome de “A Maldição de Mestre Vitalino” antes que saia a versão hollywoodiana. Aproveite que esta pérola está no catálogo da Amazon Prime Video e renda-se ao absurdo.

Continue lendo
Clique para comentar

1 comentário

  1. Santos

    7 de dezembro de 2019 a 15:35

    Acabei de assistir, trashzeira boa kk do jeito que só os japoneses têm coragem de fazer
    esse site só dá dica boa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

DICA DA SEMANA: Hanyo, a Empregada (1960)

O cinema sul-coreano de horror é um dos melhores do mundo. E não é de hoje…

Publicados

em

Hanyo

Após a grande vitória de Parasita no Oscar 2020, os olhos do público admirador da sétima arte se voltaram para a Coreia do Sul. E aproveitando esse barco, minha dica de semana é um filme de 1960 chamado “Hanyo, a Empregada“, considerado o “Cidadão Kane” coreano pelo diretor Bong Joon-ho. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: O Nevoeiro (2007)

Publicados

em

O Nevoeiro
[Por Júlio Carvalho]
Aproveitando que de uns meses pra cá – ok, quase sempre! – Stephen King tá em alta. Principalmente por conta do segundo capítulo de IT – A Coisa, algumas produções da Netflix e Doutor Sono, vou indicar uma das melhores adaptações suas já feitas para o cinema: O NEVOEIRO (The Mist, 2007) que se encontra, não sei até quando, no catálogo da Amazon Prime Video. (Por favor não confundam com a série de mesmo nome!) (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: O Exército do Extermínio (1973)

Publicados

em

Exército do Extermínio

Quando se fala que George A. Romero não fez só ‘filmes de zumbi’, as primeiras produções que vêm à mente são os famosinhos Martin, Instinto Fatal e A Metade Negra, além da clássica antologia Creepshow: Arrepio do Medo. Mas lá em 1973, somente cinco anos após A Noite dos Mortos-Vivos, Romerão lançava outra obra totalmente politizada. (mais…)

Continue lendo

Trending