conecte-se conosco

Dicas

DICA DA SEMANA: Flu (2013)

Publicados

em

Flu

[Por Felipe Macedo]

O cinema asiático é conhecido por pegar fórmulas americanas e dar um toque pessoal a histórias aparentemente batidas para a maioria do público. Estas produções se caracterizam por mostrar mais camadas e explorar situações que passam batidas em histórias similares de estúdios do Tio Sam. No caso, vamos falar agora de “A Gripe” (Flu), que está disponível no catálogo da Netflix Brasil.


A trama se passa numa cidade metropolitana, perto da grande Seul, onde imigrante ilegais levados de forma desumana são foco de um novo surto de gripe aviária. O agravante aqui é que o vírus sofreu uma mutação e esta doença se torna mortal. Com a chegada da “carga” que trazia essas pessoas, o surto gripal aumenta e médicos, militares e agentes dos EUA lutam para encontrar uma cura para esta onda de infecção. Claro, poderes e egos são testados numa situação de caos total.

A forma como “Flu” trata de temas já conhecidos é mais aprofundada do que estamos acostumados. As relações humanas são mais interessantes, mesmo que remetam a filmes como “Epidemia” (1995) mostrando cenas realmente tristes e revoltantes. Os protagonistas agem de forma clichê, mas realmente torcemos por eles.

As cenas de ação tem uma forte pegada no horror, não escondendo o sangue e as gosmas soltadas pelos corpos das vítimas. Em vários momentos não há como lembrar de filmes de zumbi e o caos provocado por essas criaturas. Apesar de cenas bem piegas e caricatas, no geral é um bom filme de horror e ação médica com forte teor político e social.

Continue lendo
Clique para comentar

1 comentário

  1. Lair Amaro

    28 de julho de 2019 a 06:18

    O vírus trazido por imigrantes ilegais… Acho que há um subtexto aí…

  2. Pingback: LISTA: Filmes estrangeiros de terror | Toca o Terror

  3. Pingback: LISTA: Filmes estrangeiros de terror – Toca o Terror

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

DICA DA SEMANA: Eu Enterro os Vivos (1958)

Publicados

em

Eu Enterro os Vivos

[Por Osvaldo Neto]

Robert Kraft (Richard Boone), um homem bem sucedido, recebe a tarefa de cuidar do cemitério da cidade, que é administrado pela sua família, também dona de uma grande loja local de departamentos. Enquanto não arranja um substituto, ele recebe a assistência de Andy McKee (Theodore Bikel, roubando cenas), um antigo funcionário que trabalha no local há 40 anos e irá se aposentar. É quando Robert se depara com um enorme mapa no escritório que contém todos as sepulturas, as ocupadas (marcadas por alfinetes pretos) e desocupadas (marcadas por alfinetes brancos). (mais…)

Continue lendo

Dicas

LISTA: Filmes que parecem Black Mirror

Publicados

em

Lista Black Mirror

[Por Jarmeson de Lima]

Recentemente acabei encarando uma série de filmes que pareciam extraídos do cultuado seriado britânico “Black Mirror“. Pra quem já viu, sabe que a tônica é ver histórias em um futuro distópico com situações onde a humanidade e a sensibilidade humana é posta em xeque com um tom pessimista. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Amityville II – A Possessão (1982)

Publicados

em

Amityville II - A Possessão

[Por Jarmeson de Lima]

O atento leitor desta seção de dicas vai notar que poucas vezes recomendamos continuações. Quando isso acontece é com obras que saem da previsível curva em que algumas franquias se incluem, dando mais do que se espera. E por isso mesmo acabam sendo odiadas pelos mais puristas e amadas pelos demais. (mais…)

Continue lendo

Trending