conecte-se conosco

Dicas

DICA DA SEMANA: The Dead Next Door (1989)

Publicados

em

Dead Next Door

[Por Júlio Carvalho]

Estava eu zanzando pela internet procurando algo pra indicar nesse fim de semana até que lá no YouTube acabei encontrando, na íntegra, esta belezura chamada THE DEAD NEXT DOOR, clássico do Home Video do fim dos anos 80, que marcou bastante a época de ouro das vídeo locadoras.

Escrito e dirigido por J.R. Bookwalter, THE DEAD NEXT DOOR nos mostra um cenário de apocalipse zumbi tão avançado que em Washington D.C. já existe uma divisão de elite da polícia dedicada aos mortos-vivos, a Zombie Squad. Basicamente, acompanhamos a oficial Kuller (Jolie Jackunas), o oficial Mercer (Michael Grossi) e Raimi (Pete Ferry) liderando o grupo numa missão pelo interior de Ohio em busca da fórmula de um suposto antídoto desenvolvido por um cientista que resolveria esse problema dos mortos.

Repararam no nome do nosso herói? Pois é! O filme é cheio de homenagens a grandes personalidades do cinema de horror. Além do oficial Raimi (Sam), temos o Dr. Savini (Tom), um comandante Carpenter (John) e de quebra Romero e King são citados como duas baixas dessa tropa. Homenagem é o que não falta aqui, como na cena em que um bando de zumbis invadem uma locadora e escolhem a trilogia de Romero para locar e em outro momento todos estão assistido THE EVIL DEAD na delegacia.

O destaque mesmo aqui são os zumbis. É cada um mais desmantelado que o outro e todos concebidos apaixonadamente por um bom trampo de maquiagem, a exemplo do zumbi Vox. Sem falar dos animatronics, como a cabeça do Crazy Grady Zombie. O gore é bem presente, pois a violência é extremamente gráfica e rende bons momentos de nojeira total, como quando algum personagem é despedaçado ainda vivo por dezenas de mortos-vivos. Ah! E se você ainda acha que os zumbis só passaram a correr dos anos 2000 pra cá, tá muito enganado!

Então, se você é fã de filme de zumbi, vá agora pro canal da Tempe Entertainment (a própria produtora e distribuidora do filme) no YouTube e se divirta com toda honestidade e escatologia de THE DEAD NEXT DOOR. Mesmo sem a opção das legendas em português, dá pra assistir de boa e ainda entender a trama que não é lá essas complicações todas.

 

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. Ariel Bruno

    9 de abril de 2018 a 11:41

    Pena não ter legenda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

DICA DA SEMANA: Piquenique na Montanha Misteriosa (1975)

Publicados

em

Piquenique na Montanha Misteriosa

Ah, a Austrália…. Nunca fui, mas gosto de muitos longas que se passam lá: Mad Max, O Corte da Navalha, Pelos Caminhos do Inferno, Wolf Creek, Morte Súbita. Porém, o filme que indicarei hoje não tem 0,1% da violência desses que eu falei, mas não deixa de ser um belo exemplar do cinema de horror da terra dos cangurus.

Piquenique na Montanha Misteriosa (Picnic at Hanging Rock, 1975) é um dos primeiros trabalhos do diretor Peter Weir em sua terra natal. Depois ele partiu para os EUA, onde dirigiu grandes produções como O Show de Truman, A Testemunha e Sociedade dos Poetas Mortos e colecionou indicações ao Oscar.

O roteiro de Cliff Green, baseado no livro de Joan Lindsay, conta a história de um grupo de jovens estudantes de um colégio para moças que, em 14 de fevereiro de 1900, partiram para uma excursão a Hanging Rock, um conjunto de montanhas que tinha a má fama de ser um local onde coisas esquisitas acontecem. E, claro, acontecem no filme também. Três meninas e uma professora somem durante o passeio.

A partir daí, um clima de histeria coletiva toma conta da cidade e do colégio. Mas, como citado acima, não veremos um pingo de sangue nos momentos de tensão. O filme de Peter Weir tem uma forte pegada de conto de fadas e faz muitas referências a sonhos. Além disso, o diretor explora com perfeição a paisagem inóspita da Austrália, que era praticamente intocada, no início do século passado.

Não precisa dizer que Piquenique na Montanha Misteriosa é o que se costuma chamar de “lento”, mas se você curte fugir um pouco do banho de sangue e entrar de cabeça em produções mais “viajadas”, a dica está dada. Tem no YouTube, mas sem legendas.

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Pequeno Demônio (2017)

Publicados

em

Pequeno Demônio

[Por Felipe Macedo]

Filmes com crianças diabólicas estão entre nós há muito tempo, tendo como principal exemplo o clássico “A Profecia”. E como o cinema vez ou outra mostra crianças como monstros capazes de terríveis atrocidades, “Pequeno Demônio” (Little Evil), filme original da Netflix é o novo exemplo deste sub-gênero. Quer dizer… mais ou menos. Aqui o tom não é de terror e sim de comédia que satiriza esse filão de forma bacana. (mais…)

Continue lendo

Dicas

DICA DA SEMANA: Tokyo Zombie (2005)

Publicados

em

Tokyo Zombie

[Por Jarmeson de Lima]

Pense num filme esculhambado (no bom sentido) e você vai chegar perto do que é Tokyo Zombie, produção de 2005 e que poderá ser vista por você ao alcance de um click na Amazon Prime. Produto da mente insana de Sakichi Satô e baseado num mangá de mesmo nome, o filme apresenta o ataque de mortos vivos (advinha onde?)… em Tokyo! (mais…)

Continue lendo

Trending