conecte-se conosco

Resenhas

RESENHA: Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro (2019)

Publicados

em

Histórias Assustadoras

[Por Jarmeson de Lima]
Emulando aquelas pequenas aventuras mescladas com horror e suspense que tanto fizeram sucesso nos anos 80, chega aos cinemas “Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro“. A produção é assinada por ninguém menos que Guillermo Del Toro e a direção do norueguês André Øvredal, que já nos trouxe ótimos filmes como “A Autópsia” e “O Caçador de Trolls“.

Aqui nesta trama juvenil, Øvredal baixa um pouco a bola no terror em si, mas sem fazer feio. É tipo aquilo… não é porque você vai fazer um produto para crianças e adolescentes que precisa ser desleixado ou tratá-las como idiotas. Ao contrário, a história segue seu rumo sem precisar ser redundante, sem dar explicações mastigadas e agrada pelo aparente descompromisso.
Para quem viu nos últimos anos o sucesso de obras como “Stranger Things“, parece que aqui temos a (re)descoberta de um filão. Ao contrário do fanservice exagerado da série da Netflix, a atmosfera fantástica de “Histórias Assustadoras” lembra um pouco a série “Goosebumps” lançada nos anos 90 pela Fox Kids ou mesmo a série recente “Diário de Horrores“. O elenco é basicamente de atores novatos no cinema e com uma média de idade de 17 anos conferindo mais veracidade aos sustos e medos pelos quais seus personagens enfrentam.

Vamos à trama… Na cidade de Mill Valley, na noite de Halloween, após uma perseguição por um grupo de valentões, os amigos Stella, Auggie e Chuck vão parar em um antigo casarão abandonado. A tal mansão abrigava uma rica família que desapareceu em situações misteriosas com uma filha morta que supostamente vivia trancafiada no porão.
A história a partir daí se desenrola a partir da descoberta do livro de histórias trágicas que a jovem Sarah Bellows escrevia com sangue. É como se fosse uma versão infantil do Necronomicon que também resiste a qualquer dano causado. Na medida em que tomam contato com este livro, o destino dos personagens fica marcado pelo que é contado em suas páginas.
E para cada personagem, uma nova assombração e criatura aparece em cena para destacar a primorosa direção de arte e maquiagem. Diferente das coisas que aparecem nos filmes da Blumhouse, os fantasmas de “Histórias Assustadoras” possuem uma pitada a mais de bizarrice em seus trejeitos imprevisíveis.

Como a obra é baseada numa série homônima de livros de Alvin Schwartz e ilustrada por Stephen Gammell, o final deixa margem a uma possível continuação ou série, mas se ficar só por aí, tudo bem. Enfim, confira mais este filme para ver com suas crianças e ainda se divertir com uma boa história fantástica de causar arrepios.

Escala de tocância de terror:

Direção: André Øvredal
Roteiro: Dan e Kevin Hageman (baseado no livro de Alvin Schwartz)
Elenco: Zoe Margaret Colletti, Gabriel Rush, Austin Zajur e outros
Origem: EUA
Ano de lançamento: 2019

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: Operação Overlord (2018)

Publicados

em

Overlord

[Por Jarmeson de Lima]

Convenhamos que filmes de guerra e filmes de terror não são lá muito populares. Às vezes um ou outro fura a bolha de público e passam a ter sucesso, mas não é sempre que isso acontece. Assim sendo, imagine que “Operação Overlord” foi pensado para ser uma mistura de “O Resgate do Soldado Ryan” com “Resident Evil“. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: Verão de 84 (2018)

Publicados

em

Verão de 84

[Por Felipe Macêdo]

A nostalgia causada pelos anos 80 parece não ter fim e provavelmente vai render mais um bocado, dado o sucesso da série “Stranger Things” e filmes como “IT- A Coisa” (2017). “Verão de 84” bebe desse revival estético daquela década e procura sua identidade nesse meio, trazendo uma trama de mistério com elementos de terror. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: O Homem nas Trevas (2016)

Publicados

em

homemnastrevas_3

[Por Felipe Macedo e Jarmeson de Lima]

O diretor Fede Alvarez, retorna com seu novo trabalho, após ser descoberto pelo diretor Sam Raimi e juntos terem realizado o remake do clássico “Evil Dead – A Morte do Demônio“. O novo trabalho em questão é “O Homem nas Trevas” (Don’t Breathe), mais uma vez produzido pelo seu tutor hollywoodiano. O longa vem como desafio e servirá para provar se o diretor uruguaio seria realizador de um filme só ou se terá vida própria dentro da sétima arte. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Trending