conecte-se conosco

Galeria

LISTA: 6 Filmes que parecem Black Mirror

Publicados

em

Lista Black Mirror

Recentemente acabei encarando uma série de filmes que pareciam extraídos do cultuado seriado britânico “ Black Mirror“. Pra quem já viu, sabe que a tônica é ver histórias em um futuro distópico com situações onde a humanidade e a sensibilidade humana é posta em xeque com um tom pessimista. O mais interessante é que este legado da série anda inspirando (propositalmente ou não) vários roteiristas para uma nova leva de filmes de ficção científica com mais profundidade do que os que estávamos assistindo há um tempo.

Foi com base nesta pequena provocação, que listei aqui seis filmes que bem que poderiam ser episódios ou spin-offs de temporadas da série mais badalada de sci-fi da atualidade. O mais interessante é que a maioria deles parte de roteiros originais e para a sua comodidade estão disponíveis no catálogo da Netflix. Sendo assim, enquanto não sai uma nova temporada, aproveite pra ver estes longas abaixo:


OTHERLIFE (2017)

Com roteiro original do diretor Ben C. Lucas com Kelley Eskridge e Gregory Widen, “Otherlife” é um filme que tem bem a cara do nosso querido seriado de ficção científica contemporânea. Nele, a programadora Ren cria uma espécie de ‘colírio alucinógeno’ que faz com que as pessoas possam entrar em uma realidade virtual para curtir férias em poucos minutos.

Essa imersão em novas paisagens e cenários se dá por uma reação bioquímica nas cobaias que não percebem a passagem do tempo enquanto dormem. O problema é que este tipo de tecnologia é altamente cobiçada pelas empresas e em pouco tempo a inventora se torna vítima do seu experimento de maneira forçada. O filme consegue dar uma sensação de agonia angustiante suficiente para que o espectador se envolva e espere o desenrolar da trama como em um episódio comum de “Black Mirror“.


ANON (2018)

Em outra aposta ousada da Netflix no gênero, “Anon” nos apresenta um mundo em que a privacidade já era e todo mundo é monitorado o tempo inteiro. Com uma espécie de ‘Google Glass’ e display na retina, ao ver uma coisa ou uma pessoa, a gente imediatamente já fica sabendo quem é, o que faz e o que fez.

É nesse mundo hiper vigiado em que o policial Sal Frieland (Clive Owen) vai atrás de um caso não resolvido e se torna suspeito de crime. Pelo fato de que a tecnologia de vigilância via ‘olho’ é feita em rede, hackers aproveitam brechas no sistema para hackear a visão de algumas pessoas e se tornarem imperceptíveis. E como temos na maior parte do filme esta visão em primeira pessoa, a narrativa de “Anon” fica meio confusa às vezes, mas ainda assim é suficientemente intrigante.


THE DISCOVERY (2017)

Este aqui é um típico filme com cara de roteiro de Charlie Brooker (Black Mirror). No entanto, é fruto das mentes do diretor Charlie McDowell e do roteirista Justin Lader. Com atuações tocantes de Robert Redford e Rooney Mara, “The Discovery” apresenta uma delicada obra onde um cientista (Redford) prova ao mundo que existe realmente vida após a morte. O que ele não previa é que no afã das pessoas curiosas saberem o que acontece ‘do outro lado’, o número de suicídios no mundo atinge números estratosféricos com direito a campanhas em massa para que a população se mantenha viva.

Apesar da narrativa se focar bem no drama e no núcleo familiar do cientista, o filme levanta a bola de várias questões e deixa a gente realmente encucado com a premissa do que poderia fazer se tivesse a chance de ter um breve contato com a ‘pós-vida’. Questões existenciais e problemas éticos da medicina são bem trabalhadas neste longa que acaba se tornando um dos melhores dramas de sci-fi dos últimos anos.


NERVE (2016)

Bem sabemos que em todas as temporadas, “Black Mirror” sempre traz um episódio mais pop e palatável para as audiências brincando com tendências atuais. Nessa lista aqui, “Nerve” cumpre bem esse papel de ser o filme que atrai o público jovem ao trabalhar com a insegurança, manipulação e os desafios de aceitação em uma rede social. Com um certo paralelo com o ‘jogo’ da Baleia Azul, os personagens do longa se dividem entre jogadores e espectadores.

Por ser um jogo sem regras definidas onde cada um que entra na roda tem que se submeter ao gosto da audiência, os desafios enfrentados por Emma Roberts e seus amigos vão se tornando cada vez mais complicados. E pelo fato de que a invasão de privacidade é extrema e o controle de seus atos é definido pelos participantes da rede, cada personagem tem que pontuar bem para poder se safar do que vem depois. Como já mencionei, o filme é o mais bobinho deles, mas funciona neste contexto.


ARQ (2016)

Voltando à ação, agora temos um filme em que a problemática da geração de energia e das viagens do tempo aparecem em primeiro plano. “Arq” nos mostra de forma bem angustiante a saga de um aparente casal em tentar se livrar de uma invasão de grupos rebeldes desconhecidos em sua casa. O detalhe é que todos eles estão presos em um loop de tempo que complica a resolução da história.

Este longa com um baixo orçamento e poucos cenários dá uma aula em muitos filmes que se utilizam de toneladas de efeitos especiais e mil figurantes. Assim como o filme “No Limite do Amanhã“, a gente vê em “Arq” um protagonista que acorda repetidamente na mesma hora tendo que enfrentar a mesma situação de maneira diferente. O fator complicador neste caso é que a cada novo ‘take’, mais gente da situação vai compartilhando das memórias do ocorrido. Tenso e imprevisível. Ou seja, bem “Black Mirror“.


ADVANTAGEOUS (2015)

Em uma sociedade futurista, uma mãe de descendência oriental vive sozinha com sua filha e tenta de toda forma encaixá-la em uma escola de alto padrão mas com altos custos. O problema é que devido à idade e à etnia, Gwen não consegue se enquadrar no mercado de trabalho e no emprego almejado em uma empresa que está testando um novo mecanismo de transferência de consciência humana para outros corpos.

Sem ter a quem recorrer para ajudar na educação da filha, Gwen (Jaqueline Kim) recorre a medidas drásticas e se submete ao experimento da empresa. É de se imaginar que esta decisão vem acompanhada de uma série de questionamentos e dilemas que também criticam nossa sociedade atual. Este é o segundo longa da diretora Jennifer Phang, que conquistou um prêmio do júri em Sundance, sendo este filme um desdobramento de um curta feito por ela três anos antes.

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo
3 Comentários

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Galeria

RETROSPECTIVA: Melhores e Piores de 2021

Publicados

em

Retrospectiva

E chegou aquele momento tão esperado com a nossa retrospectiva de destaques do cinema de horror em 2021. Neste ano fizemos até uma live, vejam só! Mas pra você que tem pressa e não quer assistir tudo, fizemos aqui uma listinha compilada com os melhores e piores filmes do ano de acordo com cada um dos integrantes do Toca O Terror.



GERALDO

Top 3 MELHORES

Saint Maud
A Lenda de Candyman
Noite Passada em Soho

Top 3 PIORES

Army of the Dead: Invasão em Las Vegas
Maligno
Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio


BOSCO

MELHORES

Titane
Noite Passada em Soho
Saint Maud

PIORES

O Homem nas Trevas 2
The Medium
Maligno


JARMESON

#Top

Noite Passada em Soho
A Lenda de Candyman
Rua do Medo: 1994/1978/1666

#Not

Rogai Por Nós (The Unholy)
Army of The Dead: Invasão em Las Vegas
Maligno


JÚLIO

3 MELHORES

A Lenda de Candyman
The Medium
Gaia

3 RUINS

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio
Maligno
Na Mente do Demônio (Demonic)


OSVALDO

Top 3

Tempo (Old)
Noite Passada em Soho
A Classic Horror Story

Prêmio Facão no Bucho

Halloween Kills

Prêmio Água de Chuca

Maligno

Não vi e nem verei

Army of The Dead: Invasão em Las Vegas
O Homem nas Trevas 2
Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio


Agora assista ao video e tire suas próprias conclusões! Feliz 2022!

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Galeria

LISTA: Filmes que se passam no Halloween mas que não são da franquia Halloween

Publicados

em

Saindo um pouco do convencional com uma lista de cinco filmes recentes de terror que se passam em dias como este



“Festa Assassina” (Murder Party)
Em uma clássica comédia de terror, onde a pessoa errada vai pro lugar errado na hora errada, encontramos Chris, um típico sujeito qualquer que se depara com um convite de uma festa de Halloween na rua e resolve encarar a diversão. Chegando lá no local, descobre da pior maneira que a festa é apenas para os caras que querem se divertir com sua presença em um tipo de performance doentia. Rápido e divertido, o filme dosa bem a violência e o humor em um roteiro inusitado.
(mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Galeria

LISTA: 10 filmes sobre pessoas isoladas ou em confinamento forçado

Publicados

em

filmes sobre pessoas isoladas

A situação atual não encontra paralelo na história da humanidade. As pandemias de séculos anteriores não chegaram a alcançar um nível assim tão intenso em escala global para afetar simultaneamente o convívio social, as atividades econômicas e o deslocamento humano. É como se estivessemos vivendo em um episódio de Além da Imaginação ou na pele de alguns dos personagens dos filmes listados abaixo.

Considerando o momento e aproveitando a oferta de canais de streaming para filmes por aí, recomendamos dez obras mais ou menos recentes que apresentam situações de confinamento forçado e pessoas isoladas involuntariamente. Note que a lista apresenta filmes que já foram resenhados aqui no Toca o Terror e eventualmente alguns deles podem ter saído do catálogo das plataformas temporariamente.



Ao Cair da Noite (It Comes at Night)

As cenas se sucedem e você vai juntando as peças para entender que os personagens estão em um mundo assolado por uma ameaça biológica que deixa feridas fatais em suas vítimas. No fim das contas, este mundo se resume a uma floresta e uma casa ali no meio com uma família armada contra os possíveis perigos externos. [ Leia + ]
* Disponível na Netflix



Mortos que Matam (The Last Man on Earth)

Uma doença/praga transformou os humanos em uma espécie de vampiros. Eles dormem durante o dia e saem para caçar quando anoitece. O cientista Dr. Robert Morgan (Vincent Price), que se mostra imune à infecção, acredita que é “o último homem na Terra” e decide trabalhar incansavelmente para descobrir a cura da moléstia. [ Leia + ]

* Disponível no YouTube e Darkflix



O Nevoeiro (The Mist)

Na trama, acompanhamos um grupo de pessoas refugiadas em um supermercado por conta de um misterioso nevoeiro que toma conta de uma pequena cidade e que esconde estranhas criaturas prontas pra tocar o terror. [ Leia + ]

* Disponível na Amazon Prime Video



Os Parecidos (Los Parecidos)

Um incidente meteorológico acabou atrasando todas as viagens de ônibus e não há mais previsão para as próximas partidas. O problema é que a demora do ônibus em chegar em uma estação no meio do nada não é o único problema. Há um estranho fenômeno acontecendo simultaneamente pelo país e pelo mundo e que logo afetará os personagens que vemos em tela. [ Leia + ]

* Disponível na Netflix



Um Grito na Noite (Kristen)

O pânico de uma mulher sozinha em um local isolado ao longo da noite com um maníaco ao redor. É evidente que você já viu uma história parecida assim em vários filmes de terror. Pelo menos desde “Black Christmas” que vemos assassinos ameaçando mulheres por telefone para testar os seus limites. [ Leia + ]

* Disponível na Amazon Prime Video



O Último Suspiro (Dans La Brume)

Em um dia como outro qualquer, ocorre um súbito terremoto na cidade e uma densa névoa começa a invadir as ruas e sufocar as pessoas. E como a névoa não aparenta se dissipar facilmente, as pessoas tem que se proteger de sua chegada iminente tentando obter máscaras, tubos de oxigênio e prender a respiração para não inalar os gases tóxicos. [Leia +]

* Disponível no Now, Telecine Play e Looke



Rua Cloverfield, 10 (10 Cloverfield Lane)

Ao longo do filme vamos descobrindo pouco a pouco os segredos do estranho homem que mantém a jovem como hóspede e refém ao mesmo tempo. Sempre com tom dúbio mas ameaçador, Howard alerta os seus convidados sobre a ameaça que perambula na Terra desde o dia do acidente e que coincidentemente marca o início dos ataques em massa no planeta. [ Leia + ]

* Disponível no YouTube e Google Play



Pandorum (Pandorum)

À deriva dentro da embarcação futurista Elysium que deveria chegar ao planeta Tanis noutra galáxia, dois astronautas estão tentando descobrir o que fazer, onde estão e o que aconteceu com o restante da tripulação à bordo. E descobrem da pior maneira possível que a Elysium não está tão abandonada assim. [ Leia + ]

* Disponível na Amazon Prime Video



O Farol (The Lighthouse)

A dupla Pattinson/Dafoe é dirigida sob um olhar que parece querer deles, exatamente, a máxima visceralidade do que pode vir a ser aqueles personagens. Ali, duas pessoas isoladas com a força de um farol que sugere trevas e luz, e o peso do que cada um destes carrega em si – do que fizeram ou não em seu passado – a dupla se inflama em cena num filme carregado de mitologias náuticas. [Leia +]

* Disponível no Now, Google Play e Looke



O Exército do Extermínio (The Crazies)

Uma arma biológica produzida pelo exército americano é, acidentalmente, dissipada em uma pequena cidade da Pennsylvania. Quem fica contaminado começa a perder a sanidade e se torna uma ameaça para as outras pessoas. É aí que os militares, fazendo merda atrás de merda, resolvem colocar o lugar em quarentena, começam a combater os infectados e deter quem ainda pode ser salvo. [ Leia + ]

* Disponível no YouTube e Darkflix

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay!

Continue lendo

Trending