conecte-se conosco

Resenhas

RESENHA: Creep (2014)

Publicados

em

Creep

[Por Júlio Carvalho]

A minha dica pra este fim de semana é um found-footage chamado CREEP. É uma produção indie que tá no catálogo da Netflix e que eu ignorei por um bom tempo por puro preconceito. Vacilo meu, pois quando assisti me surpreendi.

Na trama, um cara chamado Josef (Mark Duplass) tem um câncer irreversível no cérebro e contrata Aaron (Patrick Brice) para filma-lo durante um dia inteiro. A ideia é que seja possível deixar um registro para que seu filho que ainda está pra nascer possa conhecer o pai. Sendo que não tarda para as coisas ficarem bem esquisitas.

Seguindo em seu formato found-footage de maneira correta e convincente, CREEP realmente passa a sensação de realidade que o estilo precisa. Josef é simpático, mas de um jeito tão bizarro que o sentimento de desconforto predomina logo de início.

Há situações bem esquisitas aqui, e outras de um constrangimento que beira o assustador, como uma sequência em que Josef finge tomar banho com um bebê imaginário na banheira. Sério, que troço cabuloso! Não duvido que, por exemplo, o tosco do Domingos, psicopata do curta nacional homônimo de 2015, fazia aquele tipo de coisa com as mesmas mungangas.

É interessante, apesar de toda sua simplicidade, como este longa instiga uma vontade de falar a respeito assim que termina. Poucos filmes hoje em dia conseguem isso. Mesmo dentre aqueles com tramas ultra complexas que ao fim não dizem nada de fato.

CREEP, que poderia ser ‘traduzido’ perfeitamente como “cabuloso”, pois é isso que o cara é, traz aquele misto de incômodo e curiosidade que um bom suspense pede. Vai na fé que vale a pena! Esse mês, inclusive, estreia, também na Netflix, a parte 2 dessa beleza. Então, que venha logo essa continuação.

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Anarquista, quase cinéfilo, diretor de arte, fotógrafo, cervejeiro, rockeiro doido e crítico/podcaster do Toca o Terror

Continue lendo
Clique para comentar

1 comentário

  1. Felipe Calabrez

    10 de agosto de 2018 a 10:09

    Você disse tudo, um filme que vale a pena falar sobre, duro é encontrar quem tenha assistido, obrigado amigo! Aquela cena do machado… não tava dando um real pra ela até p momento e tava chamando cara de burro, mas o bom que depois o próprio Josef explica do pq o cara foi burro, ineterssante! – https://rezenhando.wordpress.com/2018/08/10/rezenha-critica-creep-1-e-2/

  2. Daniel

    3 de julho de 2019 a 14:51

    Na boa, não precisa fazer resenhas se forem todas como essa, o filme e previsível e sem graça, uma perca de tempo r só não digo q e um completo lixo pq isso seria manchar a honra dos lixos.
    1/10 pro filme.

  3. Pingback: LISTA: Top 20 – Melhores filmes da década (2010-2019) | Toca o Terror

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resenhas

RESENHA: O Homem nas Trevas (2016)

Publicados

em

homemnastrevas_3

[Por Felipe Macedo e Jarmeson de Lima]

O diretor Fede Alvarez, retorna com seu novo trabalho, após ser descoberto pelo diretor Sam Raimi e juntos terem realizado o remake do clássico “Evil Dead – A Morte do Demônio“. O novo trabalho em questão é “O Homem nas Trevas” (Don’t Breathe), mais uma vez produzido pelo seu tutor hollywoodiano. O longa vem como desafio e servirá para provar se o diretor uruguaio seria realizador de um filme só ou se terá vida própria dentro da sétima arte. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: Os 3 Infernais (2019)

Publicados

em

Os 3 Infernais

[Por Geraldo de Fraga]

Rob Zombie confia demais no carisma dos seus personagens. Ele já deve ter ouvido muito por aí que seu filme mais elogiado pelo público é Rejeitados pelo Diabo (2005). E isso provavelmente fez com que o rockeiro diretor se animasse para voltar a esse universo em mais uma empreitada cinematográfica, agora fechando a trilogia começada em A Casa dos 1000 Corpos (2003). (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo

Resenhas

RESENHA: A Torre Negra (2017)

Publicados

em

A Torre Negra

[Por Felipe Macedo]

Stephen King é um dos dos autores mais adaptados do cinema e em meio a tantos filmes, a maioria é de qualidade duvidosa. Poucos são os que merecem ser dignos de menção. O novo longa baseado em sua obra é inspirado na série de livros A Torre Negra e que de acordo com o próprio King bebe da fonte de Tolkien na construção do universo e criaturas fantásticas. (mais…)

Gosta de nosso trabalho? Então nos dê aquela forcinha contribuindo através do PicPay ou em nossa campanha no APOIA.se!

Continue lendo

Trending